Regulador : asic

Forex para Iniciantes: Tudo o que Precisa de Saber

Tempo de leitura: 51 minutos

Negociar Forex pode ser especialmente difícil para iniciantes. Isso deve-se ao facto de eles terem expectativas fora da realidade, que são comuns entre os novatos. Algo importante a saber é que o trading de divisas não é um esquema para ficar rico rapidamente. Este artigo é o nosso guia definitivo do Mercado Forex para Iniciantes.

Neste artigo, receberá uma introdução ao mercado de Forex, para que perceba o que é o Forex e como funciona, as terminologias mais importantes, além dos benefícios de negociar diferentes divisas.

Também abordaremos sobre como começar a negociar (incluindo a escolha da melhor corretora e software de trading), os fundamentos de gestão de risco, as diferentes formas de se analisar o mercado de Forex, além de uma visão geral das estratégias de negociação mais populares.

No final deste guia, terá o conhecimento necessário para começar a testar as suas habilidades de trading com uma conta demo grátis, antes de prosseguir para uma conta real.

Forex para Iniciantes - Forex do Zero

O que é Forex? - Forex Online para Iniciantes

O Forex é o mercado onde as moedas/divisas são negociadas. De forma simplificada, uma transação de Forex pode ser, por exemplo, quando a sua moeda local é transferida e trocada por uma outra divisa, para uma viagem de férias noutro país.

No Forex ou Foreign Exchange – mercado cambial (também abreviado para FX), circula um volume estimado que totaliza 5,3 trilhões de dólares, que são negociados diariamente entre governos, bancos, empresas e especuladores.

Saber como o Forex funciona é importante, porque a combinação coletiva de todos os participantes cria o mercado no qual você poderá negociar. O peso relativo de cada participante do mercado é medido pelo dinheiro que esse participante gere – desde hedge funds bilionários e bancos de investimento, até traders particulares com poucos milhares de dólares em ação.

As divisas são negociadas em pares, e a movimentação dos pares de divisas mede o valor de uma moeda em relação à outra. Por exemplo, o par EURUSD mede o valor do euro face ao dólar americano. Quando o valor do par aumenta, isto significa que o valor do euro aumentou em relação ao dólar americano. Quando o valor do par diminui, significa que o valor do dólar aumentou (ou que o valor do euro diminuiu).

Ao negociar Forex e CFDs, os traders podem realizar lucros a partir destes movimentos entre divisas.

Quais os Pares de Forex que posso Negociar?

Os pares de Forex podem ser classificados como principais (major), secundários (minor) e exóticos.

Os principais pares FX são compostos pelas divisas negociadas com maior frequência, que são:

  • USD – Dólar americano
  • EUR – Euro
  • JPY – Yen japonês
  • GBP – Libra britânica
  • CHF – Franco suíço
  • CAD – Dólar canadiano
  • AUD – Dólar australiano
  • NZD – Dólar neozelandês

Um par principal contém qualquer uma destas moedas face ao dólar americano, como EURUSD, USDJPY ou GBPUSD. Pares secundários são compostos por moedas principais que não incluam o dólar americano. Estes pares incluem EURGBP, EURCHF, AUDNZD, entre outros.

Finalmente, moedas exóticas são quaisquer moedas que não tenhamos mencionado anteriormente, como o dólar de Hong Kong (HKD), a coroa norueguesa (NOK), o rand da África do Sul e o baht tailandês (THB). Pares exóticos incluem uma moeda exótica e uma moeda principal.

Ao aprender sobre Forex, muitos iniciantes tendem a focar-se em pares principais devido à sua volatilidade diária e baixos spreads. Mas há inúmeras oportunidades – de pares exóticos em Forex, a oportunidades de negócio em CFDs de ações, commodities, contratos futuros de energia, e até mesmo índices. Ainda há índices que acompanham agrupamentos de outros índices, e poderá negociá-los também.

A quantidade de mercados que terá a sondar atrás de oportunidades depende de si, mas não se limite a apenas um instrumento financeiro ou apenas um mercado.

A limitação de mercados pode levar a operações em excesso, ao " overtrading", então certifique-se de diversificar o seu investimento.

Como Funcionam as Cotações no Forex?

Quando negociar Forex, verá que há dois preços cotados, " Bid" e "Ask". Bid é o preço a que se compra a divisa, enquanto Ask é o preço ao qual pode vendê-la. Se estiver a comprar uma moeda numa trade, chama-se uma posição longa, e a esperança é de que o par negociado aumente o seu valor, de forma a que possa vendê-lo a um preço superior e lucrar na diferença.

Se estiver a vender uma moeda numa trade, o oposto é o que conta – a esperança de que o par negociado diminua o seu valor, para que se possa comprá-lo a um preço inferior, e assim, lucrar na diferença. A este tipo de trading chamamos de posição curta.

O valor cotado para estes preços é baseado na taxa de câmbio atual das divisas incluídas no par, ou seja, quantas unidades da segunda moeda é possível ter em troca de uma unidade da primeira moeda (por exemplo, se 1 euro pudesse ser trocado por 1.13 dólares americanos, os preços bid e ask estariam em ambos os lados deste número, respetivamente).

Curso de Forex Grátis - Forex 101

Quanto Mudam os Valores das Moedas? (Qual a Liquidez dos diferentes Pares de Forex?)

Se o modo como os traders lucram é a partir da diferença entres os preços de venda e de compra dos pares de divisas, a pergunta seguinte a fazer é: Quanto oscila o preço das moedas no Forex?

Isso depende do quão líquida a divisa é, ou do quanto dela está a ser comprada ou vendida num determinado período. Os pares de divisas com maior liquidez são aqueles com maior oferta e procura no mercado de Forex, e esta oferta e procura é criada por bancos, empresas, importadores e exportadores, para além dos traders. Os pares principais (major pairs) tendem a ser os mais líquidos, sendo que o par EURUSD se move de 90 a 120 pips, em média, diariamente.

Em contrapartida, o par AUDNZD move-se apenas por volta de 50 a 60 pips ao dia, e o par USDHKD move-se em média 32 pips diariamente (quando estiver a olhar para o valor dos pares de moedas, a maioria será exibida com 5 pontos decimais. Um 'pip' é 0.0001. Então se o par EURUSD se mover de 1.16667 para 1.16677, esta seria a representação da mudança de 1 pip).

Os pares principais de Forex tendem a ser os de maior liquidez, e sendo assim, oferecem mais oportunidades para negociações de curto prazo.

De qualquer forma, há também diversas oportunidades em pares menores (minor pairs) e moedas exóticas, particularmente se você tiver algum conhecimento especializado a respeito de uma determinada moeda.

O que é o Spread no Forex?

O Spread, em Forex, é a diferença entre os preços bid e ask de um par de divisas. Por exemplo, se o preço de compra do EURUSD for 1.16668 e o preço de venda for 1.16669, o spread será 0.0001, ou 1 pip. Em qualquer trade de Forex, o valor de um par de divisas deverá cruzar o spread antes de se tornar lucrativo. Tomando o exemplo anterior, se um trader entrasse numa trade de compra no par EURUSD ao preço de 1.16668, a operação não seria lucrativa até que o valor do par estivesse acima de 1.16669.

Num par de divisas com spread alargado, como o EURCZK, por exemplo, o preço deverá fazer um movimento maior de forma a que a negociação se torne lucrativa. No momento da escrita deste artigo, o preço de compra para este par é de 25.4373, enquanto o preço de venda é de 25.4173, então o spread é de 0.0200, ou 20 pips.

Também não é incomum para este par existirem movimentações de menos de 20 pips por dia, significando que os traders deverão realizar uma trade de vários dias para atingir algum lucro.

Isto significa que negociações com spreads baixos são frequentemente uma prioridade para os traders de Forex, de forma a que as suas trades se possam tornar lucrativas de forma mais rápida, e que possam fazer uma quantidade maior de pequenas operações, ao invés de depender de trades maiores para fazer dinheiro.

O que são Forex CFDs?

O termo CFD (Contract For Difference), é um contrato utilizado para representar o movimento dos preços de instrumentos financeiros. Em termos de Forex, isto significa que ao invés de comprar e vender grandes quantidades de uma moeda, é possível lucrar com a movimentação dos preços sem possuir o ativo na realidade. Além de Forex, também estão disponíveis CFDs de ações, índices, obrigações, matérias-primas e criptomoedas. Em todos os casos, os CFDs permitem que os movimentos de preço sejam negociados sem ter de comprar os ativos.

Se já esteve a pesquisar sobre Forex, já deve ter visto o termo "CFDs de Forex" em algum lado. Há duas maneiras de negociar Forex: utilizando CFDs ou Forex spot (também conhecido como margem).

Forex spot envolve a compra e venda real, de facto, da moeda. Por exemplo, no caso de trocar uma certa quantia de libra britânica por euros, e então, uma vez que o valor da libra aumenta, poderá trocar os euros por libras novamente, recebendo mais dinheiro em comparação à quantia que tinha originalmente antes da compra.

Como funciona a alavancagem no Forex Trading?

Além de permitir o acesso a vários mercados financeiros, outro benefício de negociar CFDs é que o trader poderá aceder a uma parte muito maior desses mercados, e assim, aumentar o lucro potencial.

Os Contratos de CFD possibilitam acesso alavancado ao mercado, de forma a que um trader possa ter acesso a uma porção muito maior do mercado do que conseguiria se comprasse os ativos de forma definitiva.

Utilizando o CFD sobre Ouro como exemplo, para comprar uma onça de ouro será necessário gastar 1.200 dólares americanos. Contudo, com uma taxa de alavancagem de 1:20 (o que significa que o trader poderá negociar até 20 vezes mais que o valor do seu depósito inicial), um trader poderá negociar o valor total de uma onça de ouro (equivalente a 1.200 dólares) por um depósito de apenas 60 dólares.

De igual forma se quiser comprar 3.000 dólares americanos com euros (no EURUSD), o custo seria de 2.570 euros. Porém, com uma taxa de alavancagem de 1:30, poderia ter acesso a 3.000 dólares no par EURUSD através de um CFD com apenas 100 dólares.

A melhor parte é que o lucro potencial é o mesmo do que se tivesse investido no ativo propriamente dito. O risco aqui existente é que as perdas são ampliadas na mesma medida que os lucros potenciais.

Negociação Forex CFD (alavancagem 1:20) Negociação Tradicional
O seu depósito US $500 US $10.000
Negociação sobre EUR/USD é aberta em 1.16766, e fechada em 1.16926, com uma diferença de 0.00200. Você faz USD $200 de lucro, ou 40%. Você faz USD $200 de lucro, ou 2%.
Negociação sobre EUR/USD é aberta em 1.16766, e fechada em 1.16532, com uma diferença de 0.00234. Você perde USD $234, ou 46.8%. Você perde USD $234, ou 2.34%.

Como calcular o Lucro no Forex - Calcule o seu Lucro Potencial com a nossa Calculadora Grátis de Forex

Agora que já sabe a base de como o trading de Forex funciona, incluindo pares de divisas, CFDs e alavancagem, por que não ver como uma trade se parece em ação? A Admiral Markets possui uma calculadora gratuita de Forex para que você possa calcular o seu potencial de lucro, sem custo algum. Calcule o seu potencial de lucro no Forex agora.

Um Resumo dos Conceitos Essenciais no Forex - Forex do Zero

Antes de continuarmos, vamos recapitular alguns conceitos-chave abordados até agora com esta lista de termos importantes relacionados ao Forex:

  • Pip: Um pip é a unidade básica no preço em pares de divisas, ou 0.0001 do preço cotado. Quando o preço bid do par EURUSD vai de 1.16667 a 1.6677, isto representa a mudança de um pip.
  • Spread: Spread é a diferença entre os preços de compra ( ask) e venda (bid) num par de moedas. Para os pares mais populares, o spread geralmente é baixo – algumas vezes, menor que 1 pip! Para pares que não são negociados com tanta frequência, o spread tende a ser mais alto. Antes de uma trade de Forex se tornar lucrativa, o valor do par deve ultrapassar o valor do spread.
  • Margem: Margem é o dinheiro na conta do trader. Contudo, os traders retalhistas geralmente não possuem fundos suficientes para negociarem um volume suficientemente grande, e assim, conseguirem grandes lucros. Por isso, muitas corretoras de Forex e CFD oferecem acesso a alavancagem aos seus clientes.
  • Alavancagem: Alavancagem é o capital fornecido por uma corretora de Forex para reforçar o volume de negociação dos seus clientes. Por exemplo, se a sua conta de trading tem $1.000 e utiliza uma taxa de alavancagem de 1:10, poderá negociar um volume de $10.000 no Forex. Se a negociação for bem sucedida, a alavancagem maximizará os lucros 10 vezes. Note, porém, que a alavancagem também multiplicará as suas perdas na mesma proporção, então esta deve ser utilizada com cautela. Se o saldo da sua conta ficar abaixo de zero, poderá ser acionada a Proteção Contra Saldo Negativo (caso esteja a negociar num broker regulado pela ESMA), que resultará no encerramento automático da trade em questão. Felizmente, isso significa que o seu saldo não pode ficar negativo, então não deverá nada à corretora.

Quais são as Vantagens do Forex - Trading para Iniciantes

Agora que temos uma visão geral sobre o mercado Forex, deverá perguntar-se: "Porquê negociar Forex"?

Há inúmeras razões para as pessoas decidirem iniciar a atividade de day trading. Algumas das razões podem ser o potencial de ganhar dinheiro extra sem sair de casa, a oportunidade de aprender uma nova habilidade a seu próprio tempo, ou até mesmo o sonho de alcançar a liberdade financeira, e ter mais controlo sobre o seu futuro financeiro.

Mas quando o assunto é particularmente o Forex, há uma série de benefícios que fazem deste um instrumento financeiro muito atrativo para se negociar.

Forex: O Maior Mercado Financeiro do Mundo

O Forex é o maior mercado financeiro do mundo, com mais de $5.09 trilhões de dólares negociados todos os dias. Por outras palavras, em apenas um dia, é negociado mais dinheiro no mercado Forex do que o tamanho do PIB (Produto Interno Bruto) do Japão!

Destas transações, $254 bilhões de dólares são negociados através de CFDs e outros instrumentos derivativos.

Por ser o maior e mais ativo mercado financeiro do mundo, também é o mercado com maior liquidez, sendo fácil para os traders entrar e sair das trades; e podem realizar trades a um custo muito baixo nos pares de maior liquidez (até mesmo por menos de um único pip!).

Isto também significa que o mercado Forex é volátil, criando diversas oportunidades para o trader lucrar, tanto em movimentos positivos, como em movimentos negativos dos pares de moedas.

Negociar em Função do Tempo

O Forex é o mercado que nunca dorme, o que significa que pode ser negociado a todas as horas do dia (ou noite). Ao contrário das bolsas de ações de todo o mundo, que estão localizadas em espaços físicos como a New York Stock Exchange ou a London Stock Exchange, o mercado de Forex é conhecido como um mercado " Over-The-Counter" (OTC).

Isto significa que as negociações acontecem diretamente entre as partes que possuem as divisas, ao invés de serem geridas através de uma bolsa centralizada. Consequentemente, o mercado Forex nunca ficou restrito aos horários comerciais de nenhuma bolsa.

Apesar disso, uma vez que o mercado Forex é global, existe sempre uma parte do mundo que está "acordada" e a realizar negócios, e durante estas horas as suas divisas tendem a experienciar mais movimentos.

Por exemplo, pares de divisas envolvendo o dólar americano tendem a mover-se mais durante o horário de trading dos Estados Unidos (das 16:00h a 24:00h GMT), enquanto o euro, a libra britânica, o franco suíço e outras moedas europeias, possuem maior movimento durante o horário comercial Europeu (das 8:00h às 16:00h GMT).

Por sua vez, o dólar australiano, o dólar neozelandês e o yen japonês tendem a ser mais ativos entre as 00:00h e as 08:00h GMT.

Como trader, isto significa que poderá negociar quando lhe for mais conveniente – se você trabalha durante o dia, haverá moedas disponíveis para negociar antes ou depois do horário de trabalho. Se tem crianças mas está em casa durante o dia, poderá simplesmente escolher uma moeda diferente. No mercado Forex, poderá negociar 24 por dia, 5 dias por semana!

Especular sobre a Subida e Queda de Preços

Uma das filosofias mais comuns no trading e investimento é "comprar baixo e vender alto" – este é particularmente o caso dos investimentos a longo prazo, como investimentos em ações ou obrigações, que dependem do acréscimo de valor do ativo.

No mercado Forex, você também pode vender num preço alto e comprar num preço baixo. Desta forma, poderá potencialmente realizar lucros tanto em tendências ascendentes como descendentes.

Como mencionado anteriormente, numa posição de compra ( long position), um trader abrirá a trade ao preço bid, e terá como objetivo fechar a trade a um preço mais alto, lucrando com a diferença entre o valor de abertura e fecho do determinado par de divisas.

Então, se o preço bid do EURUSD é 1.16667 e a trade fecha ao preço de 1.17568, a diferença é de 0.00901, ou 90.1 pips. (Se estiver a negociar um lote inteiro, isto significa um lucro de 901 USD).

Os traders também podem abrir posições de venda (também conhecidas como short position), onde vendem um CFD de Forex ao preço ask, e uma vez que o preço cai, compram a um preço bid mais baixo, e lucram com esta diferença.

Neste caso, se o preço ask no par GBPUSD for 1.32265 e a trade for encerrada ao preço de 1.31203, a diferença será de 0.01062 pips (que resultaria num lucro de 1.062 USD caso negociasse 1 lote inteiro).

Custos Baixos no Forex Trading

Devido aos CFDs de Forex serem alavancados (com leverage), os traders têm acesso a grandes quantidades de divisas no mercado a uma margem muito pequena – por vezes tão baixa quanto 1/500 do tamanho do mercado que eles querem ter acesso (com base numa alavancagem de 1:500).

Também existem custos adicionais – a maioria das contas de trading de Forex possuem poucas comissões (ou até mesmo nenhuma), taxas de ordem, e taxas de gestão de contas. Se houver qualquer taxa de trading, geralmente é uma margem que a corretora adiciona ao spread.

Facilidade de Acesso ao Forex

Uma das maiores vantagens de negociar Forex é que este é um dos mercados financeiros mais desenvolvidos em termos de tecnologia. Enquanto muitos mercados são acessíveis apenas através de plataformas de trading antiquadas, há uma competição constante em termos de softwares disponíveis para o mercado de negociação de Forex.

As plataformas oferecidas pela Admiral Markets incluem o MetaTrader 4 (MT4), MetaTrader 5 (MT5) e MetaTrader WebTrader. O MT4 e MT5 estão disponíveis para Windows, Mac e dispositivos Android e iOS (para iPhone e iPad).

Além disso, a Admiral Markets também oferece aos traders uma versão melhorada do MetaTrader, conhecida como MetaTrader Supreme Edition.

Com acesso a todos estes softwares, o Forex poderá ser negociado em qualquer parte do mundo – e tudo o que precisará é de uma conexão à internet. Com plataformas online, aplicações de trading e programas desktop, as plataformas modernas de trading de Forex estão acessíveis a todos os traders e a todos os estilos de trading.

De facto, já é possível começar a negociar num ambiente livre de riscos com uma conta gratuita de demonstração!

Abrir Conta Demo Forex e CFD

Como Começar a Negociar Forex? - Forex Iniciantes

Se ainda está a ler este artigo, a sua próxima questão possivelmente é: "Como me posso tornar num trader de Forex de sucesso?".

Este é o foco principal do resto deste artigo – iremos abordar não apenas como você poderá começar a negociar, mas também algumas das estratégias mais populares para lucrar no mercado Forex, que implementam a gestão de risco.

O primeiro passo, passa por saber qual a melhor corretora de Forex para negociar.

7 Questões a fazer para Encontrar a Melhor Corretora Forex

Escolher um Forex broker, pode parecer uma procura exaustiva, com inúmeras opções disponíveis. Aqui estão os principais critérios que deveriam ser considerados ao tomar a sua decisão:

1. A corretora é regulada?

Poderá ser uma surpresa descobrir que o mercado Forex não possui um regulador centralizado. Contudo, isto não significa que você deve escolher uma corretora sem considerar a questão da regulação. Ao invés disso, recomendamos que escolha um broker regulado por um regulador financeiro da sua região.

Neste caso, a FCA (Financial Conduct Authority) no Reino Unido, a CySEC (Cyprus Securities and Exchange Comission) no Chipre, a ASIC (Australian Securities and Investments Comission) na Austrália ou a SEC (Securities and Exchange Comission) nos Estados Unidos.

Uma boa corretora Forex geralmente terá orgulho em estar associada a um destes reguladores, e usará isso como um ponto de venda.

A vantagem de escolher uma corretora regulada é que isso lhe garantirá, como trader, a proteção completa em termos legais no seu país.

Por exemplo, em 2018 a ESMA (European Securities and Markets Authority) introduziu uma vasta legislação para proteger os traders retalhistas, a qual todos os brokers de Forex europeus devem seguir. Esta legislação inclui limites de alavancagem disponível, proteção contra a volatilidade, proteção de saldo negativo, e muito mais.

Se você quiser aprender mais sobre a legislação da ESMA, temos diversos webinars (em inglês) sobre o tema que podem ser acedidos através dos seguintes links:

Também é importante considerar a segurança dos seus fundos. Com isto em mente, recomendamos que escolha uma corretora que segregue os fundos dos clientes dos seus próprios, pois é uma garantia de que a corretora não usará os depósitos dos clientes para as suas próprias atividades financeiras.

Isto também garante que os seus fundos estarão disponíveis para levantamento a seu pedido.

Finalmente, confira se a corretora oferece algum esquema de compensação de dinheiro. Isto define a quantidade de fundos que serão compensados no caso extremo da corretora ou o banco a que está associada entrarem em processo de falência.

2. Avaliar a qualidade do serviço de trading do broker

O serviço da corretora escolhida, bem como a plataforma que oferecem, é essencial para garantir que os clientes possam atingir os melhores resultados durante as trades.

Se estiver a negociar num sistema lento e que falha constantemente, provavelmente não será capaz de entrar ou sair de uma trade no preço desejado. Para evitar isso, é importante procurar por uma corretora que ofereça altos níveis de liquidez, baixos spreads e a capacidade de executar ordens ao preço desejado (ou o mais próximo possível).

Outro elemento do serviço a considerar são os requisitos de margem e nível de alavancagem disponível.

Embora não haja necessidade de escolher os níveis mais altos de alavancagem se for um iniciante no Forex, o facto de saber que a corretora oferece os níveis mais altos de alavancagem aprovados pelo órgão regulador competente, significa que à medida que a sua experiência aumentar, poderá começar a aumentar a alavancagem de acordo com as suas preferências.

3. Quais são os custos do Trading de Forex?

Uma vez que o Trading de Forex pode ser considerada uma atividade geradora de rendimento, é importante tratar as suas trades como um negócio, onde deve considerar tanto como maximizar os rendimentos quanto minimizar os custos, e como minimizar os riscos.

Com isto em mente, certifique-se de que considera os custos de negociação com qualquer broker de Forex antes de escolher um deles.

Outras questões a considerar incluem:

  • O tamanho dos spreads: Nós já falamos de como o tamanho dos spreads influencia os potenciais ganhos durante o trading, e de como os pares de divisas precisam de ultrapassar o spread antes de a trade se tornar lucrativa. Com isto em mente, procure uma corretora que ofereça baixos spreads.
  • Comissões: Idealmente, você deveria escolher uma corretora de Forex que não cobre comissões, já que estas aumentarão os seus lucros potenciais.
  • O depósito mínimo: Muitas corretoras de Forex pedirão aos traders para fazer um depósito mínimo ao abrirem uma conta real de trading, então pode ser melhor para si encontrar uma corretora que peça o menor valor possível. A Admiral Markets oferece um depósito mínimo de 100€.

Enquanto procura a corretora mais barata, tudo se resume a uma combinação de spreads, execução de ordens, qualidade de serviço, comissões e depósitos mínimos.

Estes deveriam ser os últimos pontos a considerar ao abrir uma conta de trading a longo prazo. A melhor corretora de Forex para iniciantes depende de elementos como o sistema de trading, as cotações oferecidas, o portefólio de instrumentos financeiros, os modelos de execução das ordens e a alavancagem oferecida.

4. Quais os produtos e mercados oferecidos pela corretora?

Quando estiver a escolher um broker de Forex, obviamente vai querer ter a certeza de que tem acesso a uma enorme variedade de pares de divisas, incluindo major pairs, minor pairs e exotic pairs.

Mas e quanto aos outros instrumentos financeiros? Se está a considerar negociar numa corretora de Forex e CFD, é uma boa ideia conhecer os outros instrumentos oferecidos.

Esta variedade garante que, se decidir negociar ações, índices, ETFs, matérias-primas, criptomoedas e outros instrumentos no futuro, não precisará de procurar uma nova corretora para fazê-lo.

A Admiral Markets, por exemplo, oferece aos traders acesso a mais de 7.500 instrumentos financeiros, permitindo aos traders criar uma estratégia de investimento diversificada a partir de uma única plataforma.

5. Quais as ferramentas de trading disponíveis?

A qualidade das ferramentas que uma corretora de Forex oferece pode fazer uma grande diferença na sua experiência durante as trades. Na maioria dos casos, a disponibilidade das ferramentas dependerá da plataforma utilizada.

Por exemplo, a Admiral Markets oferece ferramentas através do plugin com tecnologia de ponta MetaTrader Supreme Edition para as plataformas MetaTrader 4 e 5, que incluem uma grande variedade de ferramentas personalizadas e recursos complementares que podem melhorar a sua experiência de trading.

6. As ofertas da corretora adequam-se ao seu estilo de trading?

É importante considerar se uma corretora de Forex e a sua plataforma de negociação se adequam ao seu estilo de trading.

Por exemplo, você pode interessar-se em seguir uma estratégia de scalping, que envolve um grande volume de pequenos lucros sobre pequenas movimentações de preços de divisas. Neste caso, deverá assegurar-se que a corretora não possua distância mínima de paragem entre o preço de mercado e o seus níveis de Stop-Loss e Take-Profit.

Ou, se você está a aprender Forex do Zero, poderá não se sentir confortável ao utilizar a alavancagem máxima que o corretor oferece. Assim, confira se a corretora permite alavancagem nominal – onde o trader pode escolher a quantidade de alavancagem a utilizar nas trades, em qualquer lugar, até o limite máximo.

7. A corretora oferece materiais de educação e suporte para aprender Forex?

Finalmente, considere se a corretora de Forex oferece educação e apoio ao cliente.

A Educação contínua é essencial para o seu desenvolvimento e para alcançar os melhores resultados no Forex trading. É por isso que a Admiral Markets oferece uma vasta gama de artigos e tutoriais grátis, webinars e cursos online, incluindo o Forex 101 e o Zero to Hero.

Além do conteúdo educacional, também é importante considerar a disponibilidade de suporte, para que consiga ter as suas questões respondidas, e a resolução de qualquer possível problema.

Particularmente, você deverá procurar por uma corretora de Forex que possua boa presença no seu país, ou que ao menos, ofereça contacto por telefone e possua suporte por email no seu idioma.

Uma corretora com eficiência no serviço de atendimento aos clientes garantirá que caso aconteça algo de errado, o problema possa ser resolvido em poucas horas, juntamente com os departamentos de suporte e compliance.

Se quiser explorar este tópico com mais profundidade, que tal conferir o nosso artigo sobre como escolher a melhor corretora de Forex e CFD?

Baixar MetaTrader 5

Como Escolher a Plataforma de Trading de Forex & CFD

Além de escolher uma corretora, também será necessário conhecer a plataforma de negociação de Forex oferecida pela corretora. A plataforma de trading é o elemento central das negociações, e a sua ferramenta principal.

É uma peça essencial do trading, sendo que as melhores ferramentas de Forex têm um impacto significante nos resultados das trades. Então, o que você ter em atenção ao considerar as suas opções?

Ao avaliar uma plataforma de Forex trading, certifique-se de que a mesma inclua os seguintes elementos:

  • Confiabilidade: A plataforma é confiável o suficiente para que possa atingir os resultados esperados no trading? Ser capaz de contar com a precisão na cotação dos preços, a velocidade dos dados transferidos e a execução rápida de ordens são fatores essenciais para negociar Forex de forma bem sucedida, especialmente se o seu plano inclui estratégias de curto prazo como scalping. A informação deve estar disponível em tempo real, e a plataforma deve estar disponível durante todo o tempo de abertura e funcionamento do mercado Forex. Isso garante que você tira vantagem de qualquer oportunidade que possa surgir.
  • Segurança: Os seus fundos e dados pessoais estão protegidos? Uma corretora de Forex com boa reputação e uma boa plataforma de Forex terão medidas para garantir a segurança das suas informações, juntamente com a capacidade de manter cópias de segurança de todas as informações-chave da sua conta. A corretora também deverá segregar os fundos dos investidores dos seus próprios fundos. Se uma corretora não consegue demonstrar estas medidas que deveriam tomar para proteger o trader e o saldo da sua conta, talvez seja melhor procurar por outra corretora.
  • Gestão independente de contas: Qualquer plataforma de negociação deverá permitir que você gerencie as suas trades e a sua conta de forma independente, sem ter que pedir permissão à corretora para agir em seu nome. Isto garante que as medidas possam ser tomadas assim que o mercado se mova, permitindo capitalizar oportunidades assim que as mesmas surgem, e monitorizar posições abertas.
  • Análise: A plataforma oferece análises incluídas? Ou oferece ferramentas para que você possa conduzir análises técnicas e fundamentais de forma independente? Muitos Forex traders tomam decisões baseadas em indicadores técnicos, e podem negociar de forma muito mais eficaz se tiverem acesso a esta informação na plataforma de negociação, ao invés de ter de deixar a plataforma para procurar por tais informações. Isto inclui gráficos que são atualizados em tempo real, e acesso a dados recentes do Mercado e notícias.
  • Funcionalidade de trading automatizado: Um dos benefícios de negociar Forex é a possibilidade de abrir uma posição e determinar níveis de Stop-Loss e Take-Profit, nos quais a trade fechará num determinado momento. Plataformas mais sofisticadas devem ter a funcionalidade de executar estratégias automaticamente, assim que os parâmetros das estratégias de trading já tiverem sido definidos pelo trader. Um bom software de negociação deverá permitir este nível de flexibilidade, em vez de requerer uma monitorização constante do trader das trades.

Na Admiral Markets, as nossas plataformas são o MetaTrader 4 e MetaTrader 5, que são as plataformas mais completas em termos de instrumentos financeiros e com uma funcionalidade muito simples para o utilizador.

Ambas as plataformas são acessíveis a partir de uma série de dispositivos, incluindo PCs, Macs, iOS e Android, além de plataformas através de navegadores, como o MetaTrader WebTrader para MT4 e MT5.

São plataformas de rápida resposta, fornecendo dados em tempo real. Além disso, estas plataformas oferecem opções de trading automatizado e recursos avançados de gráficos, além de serem altamente seguras.

O MetaTrader 5, que é a versão mais recente do software, possui uma variedade de características que incluem:

  • Acesso a milhares de instrumentos e mercados financeiros.
  • Um Mini Terminal, oferecendo controlo completo da sua conta com um único clique.
  • 38 indicadores incluídos.
  • A possibilidade de baixar o histórico de ticks para uma variedade de instrumentos.
  • Dados reais do volume de trading.
  • Dados grátis sobre o Mercado, notícias e conteúdo educacional.
  • Ferramentas adicionais com a versão MetaTrader Supreme Edition.

Deve Comprar Softwares de Trading de Forex?

Enquanto o mercado Forex para iniciantes e para profissionais precisa sempre de softwares, o nível de competição entre corretoras significa que a maioria dos softwares de Forex estão disponível gratuitamente.

Muitos iniciantes em Forex ficam tentados a comprar robôs de trading de Forex, também conhecidos como Expert Advisors (EAs). Enquanto alguns EAs podem ser úteis, pode ser difícil mantê-los lucrativos quando o mercado altera as suas condições.

A menos que você entenda os códigos escritos nos robôs, provavelmente não conseguirá adaptar o seu EA para trabalhar de acordo com as mudanças de mercado.

Se você é um dos muitos traders que acredita que um EA consegue superar o mercado, então talvez você deva apostar no plugin do MetaTrader Supreme Edition. Além disso, oferecemos EAs grátis para os traders!

MetaTrader 4 Supreme Edition - MT4SE

Como posso Começar a Negociar Forex? Abra uma Conta Demo Grátis!

Se estiver interessado em começar no Forex Trading, uma maneira livre de riscos de aprender os fundamentos e testar as suas habilidades é abrir uma conta de demonstração de Forex grátis.

Uma conta demo dá a oportunidade de negociar os mais de 7500 instrumentos de negociação oferecidos pela Admiral Markets, incluindo 40 CFDs sobre pares de Forex, em condições reais de mercado, sem gastar o seu dinheiro.

De forma simplificada, você terá acesso a fundos virtuais que poderá usar para colocar trades num ambiente demonstrativo, fazendo deste o modo perfeito para colocar o seu conhecimento à prova.

Como Gerenciar o Risco no Forex Trading

Antes de fazer a sua primeira trade, é importante considerar como gerir o risco no mercado Forex com eficácia. Como já discutimos anteriormente, negociar CFDs de Forex dá a oportunidade de utilizar alavancagem, significando que poderá usar um depósito relativamente pequeno para ter acesso a uma porção maior do mercado (até 500 vezes o valor do saldo da conta).

Isto multiplica o seu lucro potencial da mesma forma. Contudo, também multiplica as perdas potenciais.

Para usar um exemplo extremo, imagine que tem um saldo de conta de 2.000 EUR e o coloca todo numa únicatrade. Se a negociação correr mal, você perderá todo o seu investimento, e devido ao rápido movimento do Mercado Forex, as perdas podem acontecer também muito rapidamente.

É por isso que a gestão do risco é essencial – para ajudá-lo a minimizar as perdas e a proteger o lucro que faça. As áreas-chave a considerar quando estiver a gerir o risco das suas trades de Forex são a psicologia de Trading e a gestão financeira.

Domine a sua Psicologia de Trading

Embora possa parecer estranho discutir temas como mindset e psicologia num guia para o Trading de Forex, a verdade é que estes são alguns dos fatores mais importantes que separam os traders bem-sucedidos dos traders mal-sucedidos.

Desenvolver a disciplina ao negociar e a habilidade de gerir as suas emoções, ajudará a que você se mantenha calmo sob pressão, conseguindo entrar em trades no momento certo e saber quando sair de tais negociações – seja para diminuir perdas, ou realizar lucros antes do mercado mudar o sentido.

Alguns pontos principais da psicologia de Trading para ter em mente incluem:

  • Mantenha-se calmo: Por mais excitante que o trading possa ser, é um trabalho stressante. Haverá vários obstáculos no caminho até o topo. As emoções podem forçar a abertura de trades muito cedo e/ou o seu fecho tarde demais. A principal causa do stress em iniciantes no Forex é o facto de que algumas trades terminarão em perdas, independemente do que faça – é a forma como o mercado Forex funciona. Apenas lembre-se de que a guerra não é vencida com apenas uma batalha. No final, é a performance geral que mais conta.
  • Entenda a sua tolerância ao risco: Cada pessoa possui um nível diferente de tolerância ao risco, e isto influenciará o tamanho das trades que tomam, as perdas que estarão dispostas a suportar, e o efeito psicológico das mesmas sobre os traders. Para gerir os seus níveis de stress enquanto está a negociar é importante considerar o seu nível de tolerância ao risco e escolher estratégias que o suportem.

Por exemplo, alguém com uma baixa tolerância ao risco sentiria-se mais confortável a realizar várias pequenas trades ao longo do tempo e somar vários pequenos lucros. Contrariamente, alguém com alta tolerância ao risco poderia querer fazer trades maiores, com oportunidades para lucros maiores (mas também perdas maiores).

  • Estabeleça objetivos realistas: É importante ser realista nas suas expectativas no trading. Desta forma, saberá os melhores momentos para abrir e fechar trades. Muitos traders de Forex iniciantes possuem altas expectativas sobre os seus lucros potenciais, e isto os faz negociar com muita agressividade, com grandes quantidades de dinheiro e tomar decisões muito rápidas. Novamente, comece com pouco para testar os seus conhecimentos e habilidades, e assim que começar a alcançar consistentemente os seus resultados, poderá estabelecer objetivos maiores.
  • Defina os seus limites: Antes de entrar em qualquer trade de Forex, deve ter definido o preço ao qual abrirá a trade, o preço ao qual a encerrará com lucros e o preço ao qual encerrará caso o mercado haja de maneira inesperada, de forma a minimizar as suas perdas. Assim que tiver estabelecido estes limites, é importante cumpri-los!

Muitos traders iniciantes preferem não encerrar uma trade porque acreditam que o mercado ainda se moverá a seu favor, mas acabam por perder todo o seu lucro quando a direção muda subitamente. Se sua trade atinge o seu alvo predeterminado, feche-a e desfrute dos seus ganhos. Se o mercado se mover na direção contrária, feche a trade ou defina um Stop-Loss para que a mesma se feche automaticamente.

  • Prepare-se para o pior: Embora isso possa parecer pessimista, no mercado Forex é melhor preparar-se para o pior do que esperar o melhor. Por diversas vezes ao longo da história, os mercados financeiros e os instrumentos de trading experimentaram picos repentinos ou quedas de valor. Ao considerar o pior resultado possível de uma trade, poderá tomar medidas para se proteger, caso isso aconteça, por exemplo, definindo um Stop-Loss antecipadamente.

Money Management no Forex

Gerir o seu dinheiro no Forex depende das medidas específicas que utiliza para aumentar os seus lucros, minimizando as potenciais perdas. Traders de Forex bem-sucedidos têm muito mais a ver com gestão de dinheiro eficaz do que ter um conjunto de boas operações, e é um dos segredos que separam aqueles que operam Forex com sucesso no longo prazo daqueles que desistem depois de algumas trades.

Aqui estão alguns fundamentos de gestão de dinheiro para monitorizar as suas trades:

  • Decida como financiará a sua trade com antecedência: Apenas um tipo de dinheiro é bom para se investir, que é o que se está disposto a perder. Preferencialmente, sem danificar o seu bem-estar físico e mental durante o processo. Todo trader lucrativo é lucrativo em sua própria maneira, enquanto todo perdedor vivencia perdas exatamente da mesma forma. Lembre-se, use todas as oportunidades disponíveis para aprender. É um processo interminável!
  • Defina o seu nível de investimento: Uma das questões mais comuns sobre negociar FX é "quanto é preciso para começar a negociar Forex?". No Forex online é uma boa ideia começar por baixo e construir o seu caminho. Felizmente, muitas corretoras de Forex possuem níveis mínimos de depósito razoáveis para abrir uma conta. Na Admiral Markets, por exemplo, o depósito mínimo é de 100 USD. Tenha atenção a qualquer corretora que ofereça bónus por determinados montantes depositados, pois podem ser fraudes, e poderá ser muito difícil retirar o seu dinheiro no futuro.
  • Calcule o seu risco: Certifique-se de que calcula o seu risco antes de entrar numa trade. Se o lucro potencial de uma trade é menor que o risco potencial, então a trade provavelmente não é uma boa decisão. Poderá avaliar o seu risco com a nossa calculadora gratuita para Forex.
  • Determine os lucros necessários para cobrir as suas perdas: Juntamente com calcular o seu risco antes de qualquer trade, também vale a pena calcular quanto será necessário ganhar novamente para cobrir perdas em qualquer negociação futura. Frequentemente, é mais difícil ganhar dinheiro de volta do que perdê-lo, simplesmente porque o seu investimento restante é menor, o que significa que deverá realizar um lucro maior (em termos de percentagem) para chegar ao saldo anterior à perda.

Por exemplo, se você investiu 5.000 EUR e perdeu 1.000 EUR, terá perdido 20% do seu saldo, ficando com um saldo final de 4.000 EUR. Para voltar a ter um saldo de 5.000 EUR, será necessário realizar um lucro de 1.000 EUR. Porém, com um balanço inicial de 4.000 EUR (depois da perda anterior), agora será necessário um lucro de 25% ao invés de 20%.

Quantidade perdida no saldo da conta

Retorno necessário para voltar ao saldo original

Diferença em Percentagem

10%

11%

1%

20%

25%

5%

50%

100%

50%

75%

400%

325%

90%

1,000%

910%

  • Comece com trades pequenas: Para ajudá-lo a gerenciar o risco e preservar o seu capital, comece a negociar pequenas quantias de dinheiro, ao invés de assumir grandes riscos com uma grande quantia do seu saldo de conta. Como visto no exemplo anterior, se colocar o seu saldo total de 2.000 EUR numa única trade, poderá ser mais fácil perdê-lo por completo.

Por outro lado, se negociar apenas 20 EUR, o seu saldo seria afetado por uma perda não tão significante. Isso lhe daria a oportunidade de aprender com a sua experiência e de planear a sua próxima negociação mais eficazmente. Com isto em mente, limitar o capital que está disposto a perder a apenas 5% do seu saldo total (ou até menos) o colocará numa posição muito melhor para continuar a negociar no Forex (e melhorará a sua técnica) no longo prazo.

Ferramentas e Técnicas de Gestão de Risco

Uma vez que tenha dominado a sua psicologia de trading e gestão do dinheiro, há inúmeras técnicas de trading que podem ser aplicadas para reduzir ainda mais o risco:

  • Diversifique o seu portefólio: Todos nós conhecemos o ditado "nunca coloque todos os ovos na mesma cesta", e ainda assim muitos traders iniciantes de Forex farão isso nas suas trades. Assim como não é sábio colocar todos os fundos numa única operação, depender de um único par de moedas também aumenta o seu nível de risco, porque se o par se mover numa direção diferente do esperado, você poderá perder tudo. Ao invés disso, considere abrir uma série de pequenas trades em diferentes pares de Forex.

Você pode até considerar negociar outros instrumentos CFD também, como ações, índices, matérias primas, criptomoedas, entre outros, de forma a diversificar o seu portefólio de negociações.

  • Use alavancagem de forma consciente: Como já mencionamos, CFDs de Forex permitem que se negocie apenas com uma margem, utilizando alavancagem. Contudo, só porque alavancagem de 1:30 (ou 1:500) está disponível, não significa que deva usá-la. Na Admiral Markets, enquanto há uma quantidade máxima de alavancagem disponível para nossos clientes, estes ainda são capazes de escolher a quantidade de alavancagem que utilizarão durante as suas trades, que pode ser de zero até o máximo permitido.

Por exemplo, após avaliar o seu risco, poderá decidir que o custo potencial de negociar com alavancagem de 1:30 é muito grande, e que se sente mais confortável a negociar com 1:5. Escolher uma alavancagem nominal mais baixa ajudará a gerenciar o seu risco de forma mais eficaz, especialmente se é um iniciante no Forex.

  • Foque-se no longo prazo: Os estágios iniciais das suas trades deveriam focar-se em preservar o seu capital – não em tentar aumentá-lo. Minimizar os riscos é o objetivo primário. Uma maneira possível de atingir este objetivo é utilizar uma postura de longo prazo.

O que os traders de Forex iniciantes casuais geralmente erram é a perceber que os traders mais bem sucedidos tentam realizar um retorno nos seus investimentos baseados em tendências de longo prazo. Eles geralmente mantêm as suas ordens abertas por semanas, meses e até mesmo anos, dependendo do caso. Desta forma, o Forex funciona mais como um investimento e não como uma lotaria.

  • Utilize o Stop-Loss: O Stop Loss é uma ferramenta que os traders usam para limitar as suas perdas potenciais. De uma forma simples, é o nível de preço no qual você fechará a trade que não se move ao seu favor, prevenindo quaisquer perdas futuras caso o mercado continue a mover-se naquela direção. Também poderá utilizar o Stop-Loss para conservar quaisquer lucros que já tenha feito – A ferramenta para isso é conhecida como Trailing Stop Loss, que segue a direção do mercado.

Por exemplo, se abriu uma posição de compra no par de moedas GBPUSD, e o par aumentar o seu valor, o limite de preço ao qual a trade deveria fechar (o Stop-Loss) deveria subir juntamente com o preço do par. Se o valor do par GBPUSD começar a cair, a operação encerra-se assim que atingir o seu Stop-Loss, preservando quaisquer lucros que já tenha feito até ali.

  • Continue com a sua educação sobre o Forex : Os mercados estão em constante mudança, com novas ideias de trading e estratégias a ser publicadas regularmente. Para garantir que continua a desenvolver as suas habilidades de trading, é importante manter-se na ponta da sua educação ao rever regularmente as suas análises de mercado e a aprender novas estratégias. Para mais educação sobre trading, veja os nossos webinars sobre Forex e CFD, que são feitos para aumentar o seu conhecimento assim que começar a negociar.

Como Analisar o Mercado Forex

Enquanto alguns traders iniciantes podem ter sorte de principiante e abrir uma trade no par certo na direção certa, esta sorte raramente dura. Para ter sucesso no longo prazo em trading, um trader precisa de estar apto a tomar decisões informadas, e estas decisões são o resultado de análises de mercado.

A análise é absolutamente vital para trading. Os gráficos são úteis para trades de curto e de longo prazo. Você deveria olhar para gráficos diários, semanais e mensais. Felizmente, há inúmeras abordagens para análises de Forex, o que significa que cada trader pode encontrar a abordagem certa para si. As três categorias mais abrangentes em análise de Forex são a análise fundamental, a análise técnica e análise de ondas.

Análise Fundamental

Esta forma de análise envolve manter registos de eventos do mundo real que podem influenciar os valores dos instrumentos financeiros que poderá querer negociar. Por exemplo, o valor do dólar australiano poderá flutuar a seguir a um anúncio de taxa de juros do Banco Central da Austrália, que afetará o movimento de todos os pares que incluem o AUD.

Os sete indicadores económicos que possuem mais impacto no Mercado Forex são:

  • Produto Interno Bruto (PIB/GDP);
  • O número de empregos fora do setor agrícola (conhecido como Non-Farm Payrolls, ou NFP);
  • A taxa de desemprego;
  • O índice de produção industrial;
  • Vendas retalhistas;
  • Procura por bens duráveis;
  • As taxas de juros de bancos centrais (Como o Banco Central Europeu ou o US Federal Reserve);

Existem três cenários possíveis a seguir a uma publicação ou anúncio de um evento económico:

  1. Não há reação, implicando que o mercado já se antecipou ao anúncio;
  2. Um forte movimento de acordo com os dados económicos que são publicados (então se o anúncio é de notícias positivas, os instrumentos afetados por estas notícias terão o seu valor aumentado);
  3. Um forte movimento contrário aos dados partilhados.

O desafio é avaliar qual será o resultado mais provável e abrir uma trade de acordo com isso. Um bom ponto de partida para esta abordagem de negociação é primeiramente estar ciente de eventos próximos que poderão afetar o mercado Forex (acompanhe o nosso calendário Forex para os eventos mais recentes) e, em segundo lugar, procurar por efeitos de anúncios similares em diferentes pares no passado.

Análise Técnica

Enquanto a análise fundamental se foca no que acontece no mundo real, incluindo eventos na economia, política e negócios, a análise técnica foca-se em grande parte no que acontece nos gráficos.

Os gráficos simplesmente registam os movimentos de preço de diferentes instrumentos de trading ao longo do tempo, o que permite aos traders identificar padrões em movimentos de preço e tomar decisões baseadas na suposição de que estes padrões se repetirão no futuro.

Por exemplo, um formato de gráfico é o gráfico de candlesticks japonesas, que é formatado para dar ênfase nos pontos máximos e mínimos do preço num determinado período de tempo (este valor temporal pode ser determinado pelo trader na sua plataforma).

O trader poderá ver:

  • O preço de abertura do período
  • O preço máximo do período
  • O preço mínimo do período
  • O preço de fecho do período

Esta informação permite que os traders tirem conclusões em relação ao movimento de um par de moedas. Por exemplo, se uma candlestick japonesa fecha perto do preço máximo do período, isto poderá significar que há um forte interesse por parte dos compradores por este par de divisas neste período. O trader poderá então decidir abrir uma posição de compra para tomar vantagem deste interesse.

Ao longo do tempo, padrões comuns surgem no movimento dos gráficos (e a formação de diferentes candlesticks) que podem então serem utilizadas para prever potenciais movimentos de preço futuros e fazer as melhores negociações baseadas nestas previsões.

Uma vez que um padrão surge, pode ser chamado de indicador de Forex, porque isso indica que há uma negociação lucrativa potencial. Enquanto há uma variedade de fontes disponíveis para aprender online sobre os melhores indicadores de Forex, o seu software de trading deverá idealmente possuir uma vasta gama de indicadores embutidos que poderão ser utilizados na suas trades, como é o caso dos indicadores do MetaTrader 5.

Análise de Ondas

A análise de ondas, também conhecida como Análise das Ondas Elliott (Elliot Wave), é um método muito conhecido que analisa os gráficos de preço à procura de padrões e tendências de um instrumento financeiro. O método é baseado em movimentos históricos nos preços de mercado, com a crença de que a história se repete a si mesma. A razão para isto é devida ao sentimento de mercado, significando que o mercado se movimenta como uma manada, e reage de maneira similar a eventos e anúncios similares.

No mercado Forex, estas reações envolvem comprar e vender moedas, que causam a flutuação nos preços de diferentes pares de divisas.

A teoria segue sequências de cinco ondas, ou cinco movimentos ascendentes e descendentes no movimento dos preços, que são contrariadas por três ondas corretivas na direção oposta. As cinco ondas impulsivas seguem a tendência, enquanto as três ondas corretivas vão contra a tendência. Num movimento ascendente, haverá três ondas ascendentes (movimentos 1, 3 e 5) e duas descendentes (movimentos 2 e 4).

Num movimento de correção, haverá duas ondas descendentes (A e C) e uma onda ascendente (B). Num movimento descendente, o instrumento fará 3 ondas descendentes que são separadas por duas ondas ascendentes. A onda corretiva terá dois movimentos ascendentes e um movimento descendente. A seguir, o instrumento fará um movimento de "baixa", com três ondas descendentes a serem separadas por duas ondas ascendentes.

Embora este padrão não aconteça sempre que o preço se movimenta, os traders poderão utilizar este método como guia para entrar ou não numa trade ao seguir estes passos:

  1. Determinar como iniciará a contagem das ondas Elliott, mantendo em mente que a abordagem deve ser consistente para todos os movimentos de alta e de baixa.
  2. Esperar pelo início da onda. Em muitos casos é sábio esperar até o fim do terceiro ou quarto movimento na onda para ter certeza de que o instrumento financeiro está a seguir o padrão das ondas Elliott.
  3. Utilizar um indicador secundário (ou indicadores) para confirmar a tendência.

Uma vez que tenha seguido estes passos, poderá entrar numa trade com mais confiança.

6 Estratégias de Forex Populares

Agora que você já sabe o que são, por que e como funcionam as trades de Forex, o próximo passo é criar uma estratégia de trading. No Forex online para iniciantes, o cenário ideal é seguir uma estratégia simples e eficaz, que permitirá a confirmação do que funciona e do que não funciona, sem muitas variáveis confusas. Felizmente, os bancos, as empresas, os investidores e os especuladores têm negociado os diferentes tipos de mercado por décadas, o que significa que há uma vasta quantidade de estratégias para negociar Forex por onde escolher. Elas incluem:

  • Forex scalping: Scalping é uma estratégia que envolve comprar e vender pares de divisa num curtíssimo espaço de tempo – geralmente de poucos segundos a poucas horas. Esta é uma estratégia muito prática que envolve fazer um grande número de pequenos lucros que se somam ao longo do tempo.
  • Intraday trading: Negociações intradiárias de Forex fazem parte de uma estratégia mais conservadora do que o scalping, com as trades a focarem-se nas tendências de preço diário. As negociações podem permanecer abertas de um a quatro dias, mas geralmente focam-se nas sessões principais de cada Mercado Forex.
  • Swing trading: O Swing trading é uma abordagem de médio prazo que foca em movimentos maiores no preço do que em scalping e operações intradiárias. Isto significa que os traders poderão preparar uma trade e conferi-la dentro de algumas horas, ou alguns dias, ao invés de precisarem de estar constantemente sentados em frente à plataforma de trading, sendo assim uma boa opção para pessoas que negociam Forex paralelamente a um trabalho a tempo inteiro.
  • Forex hedging: O Hedging é uma técnica de gerenciamento de risco onde os traders podem minimizar o risco potencial ao tomar posições contrárias no Mercado. Em Forex, isto pode ser feito ao abrir duas posições opostas no mesmo par de divisas (por exemplo, ao abrir uma posição de compra e uma posição de venda no par GBPUSD ao mesmo tempo) ou ao abrir posições opostas em dois pares de moedas correlacionados.
  • A Estratégia Martingale: A estratégia martingale através da qual, para cada trade perdedora, o trader dobra o investimento em trades futuras para recuperar as suas perdas, assim que tiver uma trade bem sucedida. Por exemplo, se investe 1 EUR na sua primeira operação e o perde, na próxima investirá 2, e então, 4 EUR, e depois 8 EUR, e assim em diante. Por favor, tenha em atenção que esta estratégia é extremamente arriscada por natureza e não é apropriada para iniciantes!
  • A Estratégia da Grelha: A estratégia da grelha utiliza stops de compra e de venda a partir de movimentos naturais do mercado. Estas ordens geralmente são colocadas num intervalo de 10 pips, e ao ter estas ordens colocadas nos seus lugares, o trader poderá automatizar a sua estratégia de trading.

Conclusão: As Nossas Principais Dicas de Forex Para Iniciantes

Já cobrimos muita informação neste artigo, então gostaríamos de concluir com uma visão geral sobre as nossas principais dicas de trading de Forex para iniciantes. Se puder levar consigo algo deste artigo, devem ser as seguintes dicas:

Faça a sua Pesquisa

Falando de uma forma genérica, quanto menos se sabe, maior é o risco envolvido, e não há limite para o quanto se pode saber ou arriscar. Uma quantidade infinita de informação está disponível gratuitamente na internet, como:

  • Vídeos educacionais sobre Forex para iniciantes
  • Artigos educacionais e tutoriais
  • Seminários de Forex para iniciantes e profissionais
  • Webinars sobre Forex

Se quer saber mais sobre negociar Forex sendo um iniciante, simplesmente leia o máximo que puder, e analise sempre o que ler – não tome todas as informações como se fossem 100% corretas.

Teste com uma Conta Demo ou com um Software de Simulação

Todas as corretoras oferecem conta demo – seja você um iniciante ou não, primeiramente teste todas as novas estratégias na conta de demonstração. Continue até que os resultados sejam conclusivos e esteja confiante no que estiver a testar. Apenas então poderá abrir a sua conta real e utilizar a sua estratégia com pequenas quantias de dinheiro. Assegure-se de tratar as suas negociações numa conta demo como se fossem negociações reais. Também poderá utilizar um software de simulação para simular condições de mercado e criar a impressão de uma sessão real de trading.

Não Complique demais as Coisas

Não sobrecarregue os seus gráficos com indicadores, ou a sua estratégia com manivelas e interruptores. Quanto mais complicada for a sua estratégia, mais difícil será de segui-la, e é menos provável que será eficaz. Para saber o quão bem uma estratégia funciona em diversos mercados, é necessário testá-la e aprofundar-se em pesquisas.

Manter as coisas de forma simples pode ser um desafio real, especialmente ao considerar a imensidão de ferramentas de suporte que podem ser aplicadas aos gráficos. Apenas lembre-se que não importa a quantidade de ferramentas à sua disposição, mas sim a capacidade de utilizar poucas ferramentas da maneira correta.

Seja Cuidadoso em Mercados Voláteis

A volatilidade é o que mantém a sua atividade de trading em movimento. Contudo, Se não for cuidadoso, também poderá destruir completamente essa tal atividade. O mercado, quando volátil, move-se lateralmente, o que faz com que os spreads aumentem e pode causar imprecisões nas ordens. Como um trader iniciante de Forex, deverá aceitar que, uma vez estando dentro do mercado, tudo pode acontecer, potencialmente, e isso poderá invalidar completamente a sua estratégia.

Por exemplo, a crise do franco suíço em janeiro de 2015 encerrou as trades de vários traders e corretoras numa questão de horas. A Admiral Markets tem ajudado a minimizar os riscos de volatilidade ao oferecer um pacote de definições avançadas para negociações voláteis que ajudam a evitar as armadilhas dos mercados financeiros.

A Tendência é sua Amiga

Seja um trader iniciante ou profissional, é melhor negociar aquilo que você vê, e não o que você acha que vê. Por exemplo, você poderá pensar que o dólar americano está sobrevalorizado e tem estado assim por tempo demais. Naturalmente, irá querer vendê-lo, e eventualmente, o fará. Mas se o preço se está a mover para cima, não importa o que você pensa. De facto, o que ninguém pensa importa. O preço move-se para cima e você deveria estar a negociar junto da tendência.

A Trade está Aberta até que esteja Fechada

Um iniciante no Forex concentra-se em abrir uma trade, mas o ponto de saída é igualmente importante. Se a sua estratégia não considera o mecanismo de saída de uma trade, não terminará muito bem, e estará mais propenso a sofrer graves perdas.

Mantenha Tudo Registado

Um trader principiante no Forex deve desenvolver o mindset de um dono de uma empresa. Todas as empresas possuem um plano de negócios, monitorização constante e auditorias regulares. Saltar etapas sem planos e processos é uma maneira certa de falhar. Iniciar um diário de trading é absolutamente essencial.

Diariamente, certifique-se de escrever sobre os seguintes tópicos:

  • Pontos para uma pesquisa mais aprofundada
  • Razões para abrir ou encerrar uma trade
  • As suas conquistas e erros

Mantenha o seu diário por perto como um ponto de referência quando estiver a analisar a sua atividade. Um diário garante que nenhuma das suas ações será em vão. A análise de boas trades aumentará a sua autoconfiança e o motivará a esforçar-se e a seguir adiante. Por outro lado, a análise de trades perdedoras o ajudará a extrair valor, adquirir experiência e a melhorar.

Negociar Forex e CFD

Veja também:

Sobre a Admiral Markets

Sendo um broker regulado, fornecemos acesso a algumas das plataformas de trading mais utilizadas no mundo. Você pode negociar connosco CFDs, ações e ETFs.

Este material não contém e não deverá ser interpretado como aconselhamento financeiro, recomendação, oferta ou solicitação para quaisquer transações de instrumentos financeiros. Por favor note que esta análise de negociações não é um indicador confiável de desempenho presente ou futuro, uma vez que as circunstâncias podem mudar ao longo do tempo. Antes de tomar decisões de investimentos, deverá procurar aconselhamento através de consultores financeiros independentes para garantir que compreende os riscos.

CFDs são instrumentos complexos e acarretam um elevado risco de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem.