​Ações | Tecnologia - Empresas de Tecnologia na Bolsa

Agosto 31, 2021 02:00 Europe/Lisbon
Tempo de leitura: 30 minutos

A tecnologia afeta tudo à nossa volta, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Desde os nossos smartphones e computadores, aos avanços em dispositivos médicos, aos satélites e aos carros, a tecnologia está em todo o lado. A tecnologia está presente em quase todos os setores. Por isso, é natural que um grande número de investidores esteja bastante entusiasmado e interessado no investimento em ações de tecnologia. Se também está interessado neste tópico, está no lugar certo!

Neste artigo, irá mais aprender sobre:

Ações | Tecnologia - O Que São?

Uma ação de tecnologia é uma ação de uma empresa que pesquisa, desenvolve ou fabrica produtos e/ou serviços, que utilizam uma, ou até mesmo, várias tecnologias. Qualquer empresa onde a maioria dos produtos e serviços são fortemente influenciados pela tecnologia, pode provavelmente ser chamada de empresa tecnológica.

Mas deve-se notar que, a cada ano que passa, todos os negócios, não importa o que fazem, nem qual o seu setor, estão cada vez mais dependentes da tecnologia. Por exemplo, em 2019, o McDonald's anunciou que estava a adquirir uma empresa de inteligência artificial (IA) para ajudar a melhorar a experiência dos motoristas que entram nas lojas. Isto faz do McDonalds uma empresa de tecnologia?

É importante olhar para o produto ou serviço final que uma empresa oferece. Apesar da quantidade de tecnologia por trás de todo o processo de entrega, o Big Mac ainda é um hambúrguer, não uma tecnologia!

As ações de uma empresa de tecnologia podem variar de fabricantes de microchips e fornecedores de software a inteligência artificial e biotecnologia.

As ações de empresas como a Apple, a Amazon, Alphabet (dona da Google), Cisco, Intel, Microsoft, Netflix, Verizon e muitas outras, são facilmente consideradas ações de tecnologia. A diversidade neste setor de tecnologia é enorme e, na prática, uma campanha de tecnologia, pode ser encontrada para cada investidor.

O desempenho das ações de tecnologia costuma ser um indicador importante do estado da economia e do mercado de ações nos Estados Unidos, e em todo o mundo.

Ações | Tecnologia - Tipos de Empresas de Tecnologia

Agora que já confirmámos a existência de uma grande diversidade de empresas no setor de tecnologia. Para ter uma ideia mais clara dos diferentes tipos de empresas de tecnologia existentes, nos quais pode começar a investir, iremos dividi-los em 5 grandes categorias, que se podem complementar:

  1. Empresas de software: estas empresas escrevem códigos em várias linguagens de programação, que contribuem para os seus produtos principais, como software, tecnologia de software, desenvolvimento e distribuição de software. A Microsoft, por exemplo, é o maior fornecedor de software em todo o mundo.
  2. Empresas de hardware: ao contrário das empresas de software, as empresas de hardware produzem tecnologias físicas, que qualquer pessoa pode tocar, como os computadores, os smartphones, as impressoras, os discos rígidos, os modems e assim por diante. A Cisco é um exemplo deste tipo de empresa.
  3. Fabricantes de microchips: Tecnicamente, os fabricantes de microchips pertencem às empresas de hardware. Elas ajudam as máquinas a trabalhar. A Intel, é a maior empresa produtora de microchips.
  4. Provedores de informações da Internet: são todos os websites que visita diariamente para obter algumas informações. Isto pode incluir algumas empresas muito populares, como a Google e o Facebook, que dependem bastante da publicidade e das vendas.
  5. Telecomunicações: este tipo de empresa de tecnologia ajuda a população a manter-se conectada, ao fornecer uma conexão com a Internet. Exemplos deste tipo de empresas são a Verizon e a AT&T. A maior motivação destas empresas parece ser agora, a introdução da tecnologia 5G.

Comece hoje mesmo a construir o seu portfólio, com os seus ETFs e ações de tecnologia favoritos! Clique no banner que se segue para abrir uma conta com condições muito competitivas:

Ações | Tecnologia - Porquê Investir?

Imagine que um homem adormeceu no início dos anos 90 e acordou hoje. A diferença entre esses dois mundos é enorme, e essa pessoa pode ter problemas em aceitar a realidade ao seu redor. Isto só aconteceu durante cerca de 3 décadas e a tecnologia está no centro da inovação humana.

Todas as tecnologias de última geração de que sempre ouve falar, como a computação em cloud, Internet das Coisas (IoT ou Internet of Things, em Inglês), inteligência artificial (IA), veículos autónomos entre muitas outras, fazem parte da revolução tecnológica de hoje.

As razões para investir em ações de tecnologia podem ser muitas e variadas - desde manter e aumentar o seu capital até promover a inovação, mas vamos formular a mais popular de todas elas. Vamos ver o que pode conseguir ao investir nas principais ações de tecnologia:

  • Exposição no setor económico de crescimento mais rápido do mundo
  • Exposição à inovação
  • Oportunidades de ganhos de capital e cumprimento de metas financeiras
  • Oportunidades de lucratividade passiva na forma de dividendos
  • Oportunidades de diversificação de um portfólio de ativos
  • Oportunidades para salvar ou aposentar
  • Proteção contra a inflação
  • Alta liquidez, já que algumas das ações de empresas de tecnologia estão entre as mais negociadas em todo o mundo

Devemos também observar a participação do setor da tecnologia no amplo Índice S&P 500 dos Estados Unidos da América, que inclui as 500 ações com maior a capitalização de mercado, de 11 setores económicos distintos. De acordo com um estudo da siblisresearch.com, as empresas de tecnologia têm a maior participação no índice, chegando o seu valor a ser mais de 28%.

Estes são valores recordes e são quase o dobro do segundo maior setor no S&P 500 - Saúde.

Ao mesmo tempo, é bom comparar o desempenho do índice de tecnologia Nasdaq 100, com o do mercado mais amplo do S&P 500, para ver se as ações de tecnologia realmente oferecem retornos melhores do que a média do mercado.

No gráfico a seguir pode ver o desempenho do Índice Nasdaq 100 (linha vermelha) e Índice S&P 500 (linha azul):

Fonte: TradingView

O gráfico apresentado anteriormente mostra claramente que nos últimos 10 anos:

  1. O Nasdaq 100 cresceu 625,23%
  2. O S&P 500 subiu 243,03%

Desta forma, podemos concluir com segurança que o setor de tecnologia teve um desempenho mais forte do que o Índice mais amplo, nas últimas 2 décadas. E se somarmos o período dos anos 90, do século passado, antes da bolha do "dot com", confirmamos que o domínio das empresas de tecnologia no mercado de bolsa de valores é ainda mais antigo.

Aceda hoje mesmo aos mercados financeiros, através da Plataforma de Trading MetaTrader 4! Clique no banner que se segue para iniciar o download da sua plataforma:

Ações | Tecnologia - Características

Como qualquer outro investimento, as empresas de tecnologia detêm riscos. De seguida, apresentaremos alguns dos principais riscos deste tipo de empresas:

  • Mudanças bruscas no setor tecnológico, como o desaparecimento/substituição de alguns produtos, com a introdução de outros mais recentes e atualizados
  • Maior volatilidade nos preços das ações, em comparação com a maioria dos outros setores económicos
  • Maior valorização das empresas neste setor de tecnologia (maior relação preço/lucro)

Estes riscos parecem bastante razoáveis no contexto do rápido desenvolvimento da tecnologia, bem como das expectativas de novos produtos e serviços no futuro.

Ações | Tecnologia - Quanto Investir?

Agora que já sabe o que é uma ação de tecnologia, e porque deve investir em ações de empresas de tecnologia, é agora hora de analisar outra questão importante. Quanto deve investir em ações de tecnologia?

A resposta a esta pergunta depende, principalmente, de três fatores pessoais:

  1. Oportunidades pessoais
  2. Metas financeiras pessoais
  3. Tolerância pessoal ao risco de investimento

As oportunidades pessoais podem ser muito individuais para diferentes investidores e, por isso, não é possível determinar o valor exato para começar.

Mas ainda assim, comece por identificar quais são os seus objetivos financeiros no momento. O que precisa ou gostaria de alcançar no futuro?

A resposta a todas esta pergunta, dar-lhe-á uma ideia dos seus objetivos financeiros!

O próximo aspecto que precisa de considerar, é sua tolerância ao risco, ou seja, a sua capacidade de assumir riscos. Isto é um ponto que depende de fatores como o seu salário atual, as suas economias e poupanças, as suas despesas, as suas obrigações financeiras (como por exemplo, o pagamento de uma hipoteca) e a cobertura financeira adequada para vida e saúde. E não menos importante, o seu próprio temperamento.

Pode também olhar para os seus prazos, ou seja, o tempo que os seus fundos estarão reservados, sem a necessidade destes. Isto dependerá se pretende focar-se em investimentos de curto ou longo prazo. Um investimento cumulativo (uma certa quantia a cada mês, por exemplo) pode resultar num retorno aparentemente pequeno, mas a longo prazo, pode revelar valores bastante interessantes!

Tanto os prazos mais longos quanto as taxas de retorno mais altas, podem gerar resultados semelhantes. Isto torna os investimentos distintos interessantes e adequados para diferentes fins.

E se pudesse testar a negociação das melhores ações de tecnologia e mais de 8.000 instrumentos financeiros sem arriscar o seu próprio capital de investimento? Pode fazer exatamente isso, através da conta DEMO da Admirals! Obtenha a sua conta de trading e investimento demo hoje mesmo, clicando no banner que se segue:

Ações | Tecnologia - Como Eleger as Melhores?

A grande variedade de ações de tecnologia existentes e seu rápido desenvolvimento, sugerem que precisa de analisar corretamente as empresas que escolher, avaliando-as em relação à concorrência.

Cada investidor tem a sua própria abordagem individual ao escolher as melhores ações de tecnologia para comprar. Apesar da singularidade de cada um no que toca ao investimento, existem alguns conselhos gerais que podem ser fornecidos, e que podem ser úteis na seleção de boas ações de tecnologia para investir!

Ações | Tecnologia - Como Avaliar Títulos ?

Os métodos tradicionais de avaliação de empresas incluem o estudo de fatores como o lucro por ação, a relação preço/lucro, as taxas de crescimento, fórmulas para rotular ativos e o cálculo do retorno sobre os ativos. No entanto, avaliar as empresas de tecnologia com estes métodos, poderá não ser possível capturar todo o potencial de rápido crescimento destas.

A maioria das empresas de tecnologia deve investir constantemente em R&D dos seus produtos para que se mantenha competitiva. Por isso, indicadores como:

  • Dinheiro: Incluí dinheiro, investimentos de curto prazo e investimentos de longo prazo
  • Dívida de longo prazo: dinheiro que terá que ser reposto nos próximos anos
  • Fluxo de caixa livre: todo o dinheiro fornecido pelas operações, menos as despesas de capital

Muitas empresas de tecnologia ainda nem são lucrativas. Pode também usar um indicador como o crescimento da receita, em vez dos métodos tradicionais de avaliação.

De um modo geral, as empresas que têm muito dinheiro, pouco endividamento e fluxos de caixa fortes, podem não só sofrer uma queda, mas também fortalecer-se. Isto porque as mesmas aproveitam os preços mais baixos e podem recomprar as suas próprias ações a preços mais baixos, adquirir start-ups a preços mais reduzidos ou simplesmente oferecer os seus produtos a menos concorrência.

Ações | Tecnologia - Retorno de Investimento

Simplificadamente, o retorno é o montante ganho/perco com um investimento num determinado período de tempo. O retorno de investimento pode ser expresso como um valor nominal numa determinada moeda (USD, EUR, GBP, etc.), além disso, pode ser apresentado como um valor após os impostos, taxas e inflação.

Os principais tipos de retornos são:

  1. Retorno nominal - o lucro ou prejuízo líquido de um investimento em termos nominais. Este é determinado pela variação do valor do investimento durante um determinado período de tempo, onde todos os custos são deduzidos.
  2. Retorno real - neste caso, o lucro ou prejuízo líquido é ajustado pela inflação e outros fatores externos. Este método expressa a medida nominal de retorno em termos reais, o que mantém o poder de compra do capital constante ao longo do tempo.

Para fazer um cálculo relacionado à lucratividade, pode dividir os lucros de uma empresa pela sua capitalização de mercado, e multiplicar por 100, para obter um valor percentual. Se estiver satisfeito com esse retorno e o mesmo excede o retorno anual de longo prazo do mercado mais amplo do Índice S&P 500 (cerca de 10%), pode concentrar-se em investir nessa empresa.

Ações | Tecnologia - Receita, Posição na Indústria, Futuro da Indústria

Uma das principais perguntas que precisa de fazer a si mesmo, antes de começar a investir em ações de tecnologia é: "Qual é a principal fonte de receita da empresa?":

  • Se grande parte da receita da empresa vem da sua tecnologia atual, que está a tornar-se gradualmente obsoleta, pode querer procurar e investir noutra ação de tecnologia
  • Se a empresa só lucra com a venda de protótipos e modelos para pré-venda, isto pode também revelar-se, um investimento bastante arriscado para si
  • Idealmente, uma empresa de tecnologia deve ter vários fluxos de caixa diferentes

Outra questão que é praticamente obrigatória de responder, antes de investir em ações de tecnologia é: "A que setor pertence a empresa?":

  • Pode ser apropriado investir numa indústria que está a crescer e irá permanecer estável mesmo após 5 anos
  • A empresa é líder do setor (menor risco) em que atua ou está ainda em desenvolvimento (maior risco)
  • A diversificação do investimento em ações de tecnologia de diferentes setores, é recomendada

O futuro de uma empresa de tecnologia e o preço das suas ações, depende muito do setor em que a mesma atua. Por isso, lembre-se de pensar bem nos negócios da empresa, antes de dar o grande passo de comprar as suas ações.

Descarregue hoje mesmo o simulador da Bolsa de Valores mais conhecido em todo o Mundo! Com o MetaTrader 4, poderá ter uma experiência real de como negociar ações das suas empresas favoritas diretamente na Bolsa de valores. Descarregue a sua plataformo, clicando no banner que se segue:

Ações | Tecnologia - Como pode Investir?

Na verdade, os investidores têm várias oportunidades de ganhar uma exposição ao investir em ações de tecnologia, cada uma com as suas vantagens e desvantagens.

Cada investidor deve escolher as ferramentas certas para si, tendo sempre em consideração as suas capacidades pessoais, objetivos financeiros pessoais e tolerância ao risco.

Aqui estão as 3 principais oportunidades que tem disponíveis, para investir em ações de tecnologia:

Vamos analisar em mais detalhe, cada um deles!

Empresas de Tecnologia na Bolsa de Valores - CFDs de Ações de Tecnologia

Um CFD é um contrato por diferença, que é celebrado entre um trader e uma corretora, e serve para trocar a diferença do preço de um ativo. Este contrato está ativo até que seja fechado pelo trader, e os pagamentos sob o mesmo são em dinheiro, ao invés da entrega efetiva do ativo negociado.

Na prática, os Contratos por Diferença oferecem aos investidores quase todas as vantagens de um investimento real em instrumentos financeiros, mas sem existir a necessidade de os possuir.

Vamos primeiro observar as vantagens dos contratos por diferença:

  1. Vendas a descoberto. Uma das principais vantagens da negociação de CFDs está na possibilidade de realizar posições de venda, também conhecido por short selling, ou venda a descoberto. Desta forma, os traders e investidores, podem beneficiar-se tanto dos mercados em alta quanto dos mercados em queda
  2. Uso de alavancagem. Os CFDs permitem que consiga gerir uma quantidade maior de capital, do que aquela que realmente possui na sua conta de negociação. Isto acontece graças ao acesso à alavancagem
  3. Oportunidade para transações de Day Trading. Os CFDs permitem tirar vantagem dos movimentos de preços de curto prazo nos mercados de ações, índices ou commodities, como o Ouro ou o Petróleo.
  4. Acesso facilitado aos mercados globais. Os CFDs permitem ter um fácil acesso a muitos instrumentos financeiros, como ações, títulos, moedas, commodities, criptomoedas, entre outros, através de um intermediário à sua escolha
  5. Na negociação de CFDs com a Admirals, muitas vezes não existe qualquer tipo de taxas ou comissões para abrir e fechar as suas posições
  6. Não há restrições quanto ao estilo de trading ou valor de investimento (pelo menos para algumas corretoras, como a Admirals)

Como em qualquer outro tipo de investimento, os CFDs também têm as suas desvantagens, como por exemplo:

  1. Não existe a posse do ativo subjacente, não existindo assim qualquer tipo de direitos de propriedade, em caso de falência da empresa
  2. O CFD pode ser um produto menos regulamentado
  3. O efeito de alavancagem pode ser uma faca de dois gumes. Isto significa que apesar de aumentar os seus lucros potenciais, a alavancagem financeira aumenta também as suas potenciais perdas
  4. Taxas de swap para manter as posições abertas durante a noite

Negoceie CFDs sobre as melhores ações de tecnologia do mundo sem comissões! Clique no banner que se segue para abrir hoje mesmo a sua conta e começar a negociar CFDs nos mercados financeiros:

Ações | Tecnologia - Ações de Empresas de Tecnologia

Vantagens dos investimentos e trading de ações reais de tecnologia:

  1. Posse real da ação, onde possui todos os direitos de propriedade associados à mesma
  2. Menos risco devido à falta de alavancagem
  3. Sem taxas de swap para manter a posição aberta durante a noite
  4. Regulamentação mais estável

Ao mesmo tempo, as desvantagens do investimento e da negociação de ações reais em comparação com a negociação de CFDs de ações são:

  1. Falta de oportunidade para abrir posições de venda, no caso de prever uma queda acentuada do mercado
  2. Falta de oportunidade de usar alavancagem
  3. Existência de taxas e comissões na compra e venda das ações
  4. Falta de oportunidades de negociação em muitos mercados diferentes

Quer pretenda negociar CFDs de ações ou negociar ações reais, irá precisar sempre de escolher uma corretora de CONFIANÇA, como a Admirals! Para saber mais sobre os nossos tipos de conta disponíveis, clique no banner seguinte:

Ações | Tecnologia - Como Investir em ETFs

ETF significa "exchange traded fund". Em geral, um ETF é uma cesta de vários títulos, que pode comprar e vender nas respectivas bolsas de valores, através de um intermediário financeiro, uma corretora.

Estes fundos, podem investir em muitas classes de ativos financeiros diferentes, sendo uma delas, as ações de tecnologia.

Os benefícios de investir no setor da tecnologia através de um ETF incluem:

  • Custos mais baixos porque pode comprar uma cesta de várias ações, em vez de apenas uma ação
  • Diversificação automática do portfólio
  • Eficiência fiscal (por exemplo, fundos mútuos geridos ativamente muitas vezes compram e vendem ativos, gerando ganhos de capital tributáveis, o que não é o caso dos ETFs)

As desvantagens deste tipo de ativo incluem:

  • Em alguns casos, os ETFs podem ter uma liquidez mais baixa do que as ações individuais
  • Podem existir algumas discrepâncias com o ativo subjacente que segue o fundo

Aqui estão alguns ETFs populares que permitem que obtenha uma exposição na indústria de tecnologia:

  1. Fidelity MSCI Information Technology Index ETF CFD
  2. Vanguard Information Technology ETF CFD
  3. Technology Select Sector SDR Fund ETF CFD

Com a conta Invest.MT5 da Admirals, pode investir em ações e ETFs de tecnologia com uma das melhores condições de mercado. Saiba mais sobre informações, clicando no banner seguinte:

Ações | Tecnologia - Ativos Populares

O setor de tecnologia inclui algumas das maiores empresas do mundo, algumas das quais já ultrapassaram US $ 1 trilião em capitalização de mercado. Alguns exemplos destas empresas são:

  1. Apple (ultrapassou até US $ 2 triliões de capitalização de mercado)
  2. Amazon
  3. Microsoft
  4. Alphabet (proprietária da Google)

Estas são algumas das ações de tecnologia mais populares entre os traders e investidores, algumas das quais constituem a famosa sigla FAANG (Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google).

Por serem empresas muito importantes do setor tecnológico, iremos dedicar as próximas secções, à sua análise individual:

Empresas de Tecnologia na Bolsa - Ações Apple

A Apple Inc. projeta, fabrica e comercializa smartphones, computadores pessoais, tablets, dispositivos portáteis e acessórios em todo o mundo. A empresa também oferece alguns serviços relacionados aos seus produtos.

Os produtos da Apple incluem o iPhone, uma linha de smartphones; Mac, uma linha de computadores pessoais; iPad, uma linha de tablets multifuncionais e acessórios, incluindo AirPods, Apple TV, Apple Watch, produtos Beats, HomePod, iPod touch e outros acessórios da marca Apple.

A empresa foi a primeira nos Estados Unidos a atingir US $ 1 trilião em capitalização de mercado (em Agosto de 2018) e, mais tarde, a primeira a atingir a marca de US $ 2 triliões (em Agosto de 2020).

De seguida, pode encontrar um gráfico do preço das ações Apple:

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals 5. Gráfico Semanal (#AAPL). Intervalo de dados: 3 de Fevereiro de 2013 a 6 de Novembro de 2020. Gráfico Elaborado a 6 de novembro de 2020, às 17:00 GMT. Observe que o desempenho passado não garante resultados futuros.

Empresas de Tecnologia na Bolsa - Ações da Amazon

A Amazon.com, Inc. participa das vendas a retalho de produtos de consumo e subscrições na América do Norte e internacionalmente. A empresa atua em três segmentos: América do Norte, Internacional e Amazon Web Services (AWS). Vende mercadorias e conteúdos adquiridos para revenda de terceiros, através de lojas físicas e online.

A Amazon também fabrica e vende dispositivos eletrónicos, incluindo o Kindle, tablets Fire, TVs e outros dispositivos. Fornece o Kindle Direct Publishing, um serviço online que permite que os autores e editores independentes disponibilizem os seus livros na Kindle Store, e desenvolve e produz ainda conteúdo de mídia.

A segunda empresa nos Estados Unidos a atingir uma capitalização de mercado de US $ 2 biliões foi a Amazon. E na imagem a seguir, pode encontrar um gráfico do preço das ações Amazon:

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals. Gráfico semanal (#AMZN) . Intervalo de dados: 3 de Fevereiro de 2013 a 6 de Novembro de 2020. Gráfico elaborado a 6 de Novembro de 2020, às 17h05 GMT. Observe que o desempenho passado não garante resultados futuros.

Empresas de Tecnologia na Bolsa - Ações da Microsoft

A Microsoft Corporation desenvolve, licencia e mantém software, serviços, dispositivos e soluções em todo o mundo. O seu segmento de produtividade e processos de negócios oferece o Office, Exchange, SharePoint, Microsoft Teams, segurança e conformidade do Office 365 e Skype for Business.

Além disso, a empresa possui o LinkedIn e o Dynamics 365, um conjunto de soluções de negócios locais que são baseadas em cloud para pequenas e médias empresas, grandes organizações e unidades de negócios. O seu segmento de nuvem inteligente licencia servidores SQL e Windows, Visual Studio, System Center e a plataforma de nuvem Azure.

Depois da Apple e da Amazon, a Microsoft é a terceira empresa de um trilião de dólares nos Estados Unidos. De seguida, pode encontrar o gráfico de ações Microsoft:

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals. Gráfico semanal (#MSFT) Intervalo de dados: 3 de Fevereiro de 2013 a 6 de Novembro de 2020. Gráfico elaborado a 6 de Novembro de 2020, às 17h05 GMT. Observe que o desempenho passado não garante resultados futuros.

Empresas de Tecnologia na Bolsa - Ações da Google

A Alphabet Inc. fornece serviços de publicidade online em todo o mundo. A empresa opera principalmente através dos segmentos da Google, mas existem outros. O segmento Google oferece produtos como o Google Ads, o sistema operativo Android, o Google Chrome, o Google Cloud, o Google Maps, o Google Play, Hardware, Search e o YouTube, além de infraestrutura técnica.

A empresa também oferece conteúdo digital, serviços em cloud, dispositivos de hardware e outros produtos e serviços diversos, como smartphones.

A Alphabet foi a quarta e última (pelo menos até agora) a apresentar-se à elite "clube de $ 1 trilião". De seguida, pode também ver o gráfico de ações Google:

Fonte: Plataforma MetaTrader5 da Admirals. Gráfico semanal (#GOOG). Intervalo de dados: 3 de Fevereiro de 2013 a 6 de Novembro de 2020. Gráfico elaborado a 6 de Novembro de 2020, às 17h05 GMT. Observe que o desempenho passado não garante resultados futuros.

Abra hoje mesmo a sua conta de investimento com uma Corretora de CONFIANÇA, e tenha acesso a excelentes condições de mercado e ainda um serviço de apoio ao cliente 100% em Português! Clique no banner que se segue para saber mais:

Ações | Tecnologia - Black Friday e Cyber Monday

O período antes e depois do Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos, está associado a compras intensas, e pode dizer-se que marca o início das compras para toda a época de Natal e de Ano Novo. Estes hábitos de consumo há muito que se espalharam para além dos Estados Unidos, tendo conquistado praticamente o mundo inteiro!

Por isso, durante este período, no final de Novembro, é de extrema importância para as empresas de retalho, principalmente para as empresas de tecnologia. Os investidores, por outro lado, procuram saber qual dessas empresas estará mais bem posicionada, para ganhar durante este período, a fim de comprar as suas ações e tentar tirar proveito do aumento dos lucros.

A Black Friday é o nome dado ao primeiro dia após o Dia de Ação de Graças, e é um dos eventos mais importantes para os consumidores e para as empresas de retalho. Ao mesmo tempo, a Cyber Monday, é a Segunda-feira após o fim de semana de Ação de Graças, em que os consumidores voltam ao trabalho e podem fazer compras online.

  1. A Black Friday é mais importante para retalhistas com lojas físicas
  2. A Cyber Monday é mais importante para as empresas de comércio eletrónico

Em 2019, as vendas online na Black Friday atingiram US $ 7,4 biliões e as da Cyber Monday ultrapassaram os US $ 9 biliões. Estes foram valores recordes para os dois dias de compras.

Um período particularmente forte ou fraco de compras, da Black Friday à Cyber Monday, tende a ter um grande impacto nas ações das empresas de tecnologia. Vamos ver quais das melhores ações de tecnologia poderiam beneficiar-se desta importante época do ano:

As empresas de tecnologia com os maiores ganhos no período em torno da Black Friday e Cyber Monday podem ser:

Claro que, a escolha de quais são as melhores ações de tecnologia, para investir antes do grande evento de compras em torno da Black Friday, Cyber Monday e Natal, é uma decisão pessoal que deve ser tomada por cada investidor.

Ações | Tecnologia - Como Começar?

Depois de saber o que é uma ação de tecnologia, qual a razão para começar a investir em ações de tecnologia, e quanto dinheiro precisa para começar a investir nessas empresas, é hora de passar para a parte mais interessante e prática, ou seja, fazer o seu primeiro investimento em ações de tecnologia!

Pode fazer isto em apenas três simples etapas:

  1. Abra uma Conta de Trading de Ações
  2. Descarregue a sua plataforma de trading de ações
  3. Abra uma janela de Nova Ordem e faça a sua primeira operação!

Para obter mais informações sobre como abrir uma conta de trading de ações na Admirals, veja o nosso artigo dedicado!

Vejamos um exemplo de como comprar/vender CFDs de ações de tecnologia da Apple.

A melhor forma para analisar o comportamento dos preços das suas ações favoritas é através de uma plataforma de trading profissional! A Admirals disponibiliza uma versão avançada da plataforma metaTrader 4 e 5, a versão MetaTrader Supreme Edition! Clique no banner seguinte para garantir o seu acesso a esta plataforma avançada de trading:

Ações | Tecnologia - Como Comprar

  1. Faça login na sua conta com Admirals (MT4 / MT5 / WebTrader / aplicação móvel)
  2. Vá para a Condição de Mercado
  3. Procure pelas ações da Apple - #AAPL
  4. Clique com o botão direito do seu rato em ações e selecione "Janela do gráfico"
  5. Assim que o gráfico aparecer, clique no botão "Nova Ordem" (na barra de ferramentas abaixo do menu)
  6. Selecione o número de lotes no campo Volume, bem como os níveis de stop loss e take profit , se quiser colocá-los
  7. Clique no botão azul "Comprar no mercado"

Quando compra (ou seja, realiza uma posição longa) ações da Apple, prevê que o preço das ações irá aumentar, para que possa obter um lucro potencial com a sua operação.

Ações | Tecnologia - Como Vender

  1. Faça login na sua conta com Admirals (MT4 / MT5 / WebTrader / aplicação móvel)
  2. Vá para a Condição de Mercado
  3. Procure pelas ações da Apple - #AAPL
  4. Clique com o botão direito do seu rato em ações e selecione "Janela do gráfico"
  5. Assim que o gráfico aparecer, clique no botão "Nova Ordem" (na barra de ferramentas abaixo do menu)
  6. Selecione o número de lotes no campo Volume, bem como os níveis de stop loss e take profit , se quiser colocá-los
  7. Clique no botão vermelho "Vender no mercado"

Quando vende (ou seja, realiza uma posição curta) ações da Apple, prevê que o preço as ações irá cair, para que possa obter um lucro potencial com a sua operação.

A melhor forma de praticar todos estes processos é através de uma conta de trading e investimento de demonstração GRÁTIS! Com a Admirals, pode ter ao acesso a uma Conta DEMO, onde irá utilizar capital virtual, ideal para praticar e testar as suas técnicas e estratégias de trading e investimento! Abra a sua conta demo hoje mesmo, clicando no banner que se segue:

Aprender Trading

Sobre a Admirals

Sendo um broker regulado, fornecemos acesso a algumas das plataformas de trading mais utilizadas no mundo. Você pode negociar connosco CFDs, ações e ETFs.

Aviso: Os dados fornecidos fornecem informações adicionais sobre todas as análises, estimativas, prognósticos, previsões ou outras avaliações ou informações similares (doravante "Análise") publicadas no site da Admirals. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, preste muita atenção ao seguinte:

  1. Esta é uma comunicação de marketing. A análise é publicada por motivos informativos apenas e não é construída sob a forma de aconselhamento ou recomendação de investimento. Não foi elaborado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento, e que não está sujeito a qualquer proibição de lidar com a disseminação da pesquisa de investimento.
  2. Qualquer decisão de investimento é tomada por cada cliente, enquanto a Admirals não será responsável por qualquer perda ou dano decorrente de tal decisão, com ou sem base na Análise.
  3. Cada uma das Análises é preparada por um analista independente com base em estimativas pessoais.
  4. Para garantir que os interesses dos clientes sejam protegidos e a objetividade da Análise não seria prejudicada, a Admirals estabeleceu procedimentos internos relevantes para a prevenção e gestão de conflitos de interesse.
  5. Embora todos os esforços razoáveis sejam envidados para garantir que todas as fontes da Análise sejam fiáveis e que todas as informações sejam apresentadas, tanto quanto possível, de uma forma compreensível, oportuna, precisa e completa, a Admirals não garante a exatidão ou integridade de qualquer Análise ou informações contidas na Análise. Os números apresentados referem que qualquer desempenho passado não é um indicador confiável de resultados futuros.
  6. O conteúdo da Análise não deve ser interpretado como uma promessa expressa ou implícita, garantia ou implicação por parte da Admirals de que o cliente lucrará com as estratégias aqui contidas ou que as perdas em relação a elas serão limitadas.
  7. Qualquer tipo de desempenho prévio ou modelado de instrumentos financeiros indicados na publicação não deve ser interpretado como uma promessa expressa ou implícita, garantia ou implicação da Admirals para qualquer desempenho futuro. O valor do instrumento financeiro pode aumentar e diminuir e a preservação do valor do ativo não é garantida.
  8. As projeções incluídas na Análise podem estar sujeitas a taxas adicionais, impostos ou outros encargos, dependendo do assunto da Publicação. A lista de preços aplicável aos serviços prestados pela Admirals está disponível publicamente no site da Admirals.
  9. Produtos alavancados (incluindo contratos por diferença) são de natureza especulativa e podem resultar em perdas ou lucros. Antes de começar a negociar, certifique-se de que compreende todos os riscos.
Avatar-Admirals
Admirals Uma solução completa para gastar, investir e gerir o seu dinheiro

Mais do que uma corretora, a Admirals é um centro financeiro que oferece uma ampla gama de produtos e serviços financeiros. Permitimos que consiga abordar as finanças pessoais através de uma solução completa para investir, gastar e gerir dinheiro.