FOMC: entenda melhor o que é e como funciona

Carolina Caro Mora
19 Min leitura
O que é o FOMC? O Federal Open Market Committee (FOMC) é um órgão da Reserva Federal (Fed) dos EUA que toma decisões sobre política monetária, ou seja, decide se aumenta ou diminui as taxas de juros.

A Reserva Federal, com base no 'Beige Book' que inclui a situação económica do país por distrito, decide a política monetária a seguir durante a reunião do FOMC. Esta reunião determina a orientação para os bancos comerciais e o mercado monetário do país, mas também tem uma forte influência nos mercados financeiros globais e outros bancos centrais.

Como está organizada a estrutura da Fed

O presidente e o vice-presidente da Reserva Federal são nomeados pelo presidente dos Estados Unidos. O atual presidente da Reserva Federal é Jerome Powell, que assumiu o cargo em fevereiro de 2018.

A Reserva Federal é liderada pelo Conselho de Governadores, que inclui o presidente da Reserva Federal acompanhado por outros seis membros (governadores), também escolhidos pelo presidente dos Estados Unidos.

O FOMC, por sua vez, é composto por 12 membros: os sete membros do Conselho de Governadores e os presidentes dos bancos centrais regionais do sistema.

É importante notar que a Reserva Federal é um consórcio misto: é uma instituição privada, ao contrário do BCE, mas está sob controlo público. Finalmente, o governo e o Congresso dos EUA acompanham de perto as decisões e desenvolvimentos da Reserva Federal.

Quais são as taxas de juros do FOMC

A imagem abaixo mostra a evolução das taxas de juro da Reserva Federal desde 1982:

Fonte: Investing. Evolução das taxas de juro da Reserva Federa de 1982 a 2022. Registo de 30 de junho de 2022.

Como podemos ver na imagem, os períodos de crise económica apresentam descidas nas taxas de juro para impulsionar o crescimento económico.

Mas falaremos sobre isso mais adiante neste artigo, quando examinarmos as estratégias de trading de taxas de juro.

O FOMC decide sobre três taxas de juros principais:

Taxas de juro dos depósitos É a taxa básica de juros relativa à remuneração dos depósitos colocados pelos bancos comerciais e instituições financeiras no banco central, neste caso a Reserva Federal.
Taxa de refinanciamento da Fed Em geral, as operações de refinanciamento dos bancos comerciais são realizadas semanalmente. Nestas operações, a Reserva Federal determina o custo do crédito que disponibiliza aos bancos comerciais com base nos volumes emprestados.
Taxa de desconto, também chamada de taxa de crédito marginal É superior à taxa de refinanciamento porque se destina a situações de emergência. Se um banco comercial precisar de pedir empréstimos rapidamente, a taxa de desconto do Fed intervém.

As taxas de juro fazem parte dos instrumentos à disposição dos bancos centrais para regular a economia e estabelecer a política monetária de um país ou área económica. Embora também possuam outras ferramentas, como a flexibilização quantitativa (QE) que envolve a compra de dívida.

Esta política monetária da Fed prossegue os seguintes objetivos, que são:

  • Pleno emprego;
  • Estabilidade de preços;
  • Controle das taxas de juro de longo prazo.

No caso de um banco comercial obter uma taxa de refinanciamento baixa da Reserva Federal, este banco pode, por sua vez, graças à baixa taxa de refinanciamento, emprestar dinheiro a empresas e particulares a taxas mais baixas. Isto tem o efeito mecânico de promover o crescimento dos Estados Unidos.

Também é possível que haja uma subida das taxas de juro por parte do FOMC com o objectivo de estabilizar os preços. A subida das taxas costuma ser um sinal de que a economia do país vai bem e é aconselhável fortalecer a moeda nacional.

Portanto, o FOMC utiliza cortes e aumentos nas taxas de juro para manter um nível de pleno emprego e impulsionar o crescimento na principal economia do mundo.

Mas o que acontece quando as taxas de juro caem? A queda das taxas de juro de referência conduz muitas vezes a movimentos violentos nos mercados monetários e bolsistas.

Porque isso acontece? O impacto de uma alteração nas taxas de juro da Reserva Federal influencia a grande maioria dos investidores.

Durante a crise das hipotecas subprime nos Estados Unidos, a Reserva Federal decidiu, em Janeiro de 2008, baixar as suas taxas de juro para 2,25%, com o objetivo de impulsionar a economia dos EUA e ajudar os mutuários.

Apesar disso, em Dezembro de 2008, a situação não melhorou e a Reserva Federal recorreu a um novo corte nas taxas de juro. Desta vez, as taxas caíram para 0%.

A segunda decisão da Reserva Federal nessa altura foi recomprar massivamente hipotecas tóxicas e uma grande quantidade de títulos do Tesouro dos EUA. Isto levou a Reserva Federal a adquirir 3,5 mil milhões de dólares em dívida para conter a crise das hipotecas subprime no final de 2009.

Se procura saber mais sobre este e outros tópicos relacionados com o trading, poderá inscrever-se nos nossos webinars gratuitos clicando no seguinte banner:

Webinars grátis sobre trading

Acompanhe os webinars ao vivo hospedados pelos nossos especialistas em negociação

Taxas de juro com a pandemia de Covid-19

Em 2019, a Reserva Federal aprovou até três reduções nas taxas de juro (as primeiras desde 2008), deixando-as num intervalo entre 1,5% e 1,75%.

A redução das taxas aprovada pela Fed em Julho de 2019, a primeira desde 2008, prejudicou, por exemplo, a evolução do rendimento das obrigações do Tesouro a 10 anos nos EUA. Atingiu o nível mais baixo desde setembro de 2017, com rentabilidade próxima de 2%.

A chegada do coronavírus à Europa e aos EUA e o pânico resultante nos mercados financeiros levaram a Fed a anunciar, a 3 de março, o seu primeiro corte nas taxas de 2020, para um intervalo de 1% a 1,25%. Esta redução colocou o rendimento da obrigação de referência dos EUA abaixo de 1% pela primeira vez na sua história.

Duas semanas depois, em 15 de março de 2020, com a pandemia do coronavírus fora de controlo, a Reserva Federal foi forçada a fazer uma nova e drástica redução, para o intervalo de 0% a 0,25%. Representou o corte mais drástico e contundente desde a crise de 2008. Após esta decisão, o rendimento dos títulos dos EUA a 10 anos era de cerca de 0,8% em 17 de março de 2020. No mercado cambial, o EUR ganhou terreno em relação ao dólar, subindo para 1.116.

A decisão da Fed foi acordada com os principais bancos centrais do mundo e também incluiu estas medidas:

  • A compra de ativos no valor de 700 mil milhões de dólares;
  • A Fed e os restantes bancos centrais concordaram em reduzir os preços das suas linhas de swap para facilitar o fornecimento de dólares às instituições financeiras.

Aumentos das taxas do FOMC em 2022

Os dados da inflação elevada em 2022 levaram o FOMC a aumentar as taxas de juro três vezes no primeiro semestre de 2022:

Aumentos da taxa de juro da Fed em 2022
A primeira ocorreu no dia 16 de março, quando aumentou a taxa de juro de 0,25% para 0,5%.
O segundo aumento ocorreu a 4 de maio e até então havia sido o maior aumento de juros da Fed em mais de duas décadas: de 0,5% para 1%.
A terceira foi ainda mais agressiva (a maior desde 1994). Foi no dia 15 de junho, de 1% para 1,75%. Esta última foi consequência da escalada descontrolada da inflação nos EUA, já que no mês de maio registou um aumento anual de 8,6%, o nível mais elevado em quatro décadas.

Hora do anúncio do FOMC

A Fed tem uma enorme influência na direção dos mercados monetários e de ações em todo o mundo. As decisões sobre as taxas diretoras da Reserva Federal são divulgadas uma vez por mês, às quartas-feiras, no final da tarde.

Tenha cuidado, os anúncios da Reserva Federal não têm de ser feitos todas as quartas-feiras sobre as taxas de juro diretoras. Para saber em que quarta-feira prestar atenção a este anúncio da Federal Reserve, deverá acompanhar as notícias da Fed no nosso Calendário Económico da Admirals.

A divulgação da taxa base é sempre seguida de uma conferência de imprensa no final da reunião do FOMC.

Esta conferência também desperta grande interesse entre investidores, traders forex e traders de índices. Além do resultado da decisão, o presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, comenta a evolução das taxas de juro e costuma dar pistas sobre os seus próximos passos.

Taxas de juro da Fed – Impacto nos mercados

Durante os anúncios económicos e especialmente quando as taxas de juro do FOMC são divulgadas, várias coisas acontecem nos mercados financeiros:

  • A volatilidade é maior: o euro pode facilmente subir 100 pontos e o DAX40 pode subir até 300 pontos;
  • Os spreads aumentam: os spreads Forex e os spreads dos índices de ações são geralmente mais elevados quando a taxa de juros da Fed é anunciada;
  • Há muita especulação sobre o evento económico e os volumes de trading são mais elevados nos dias do anúncio da Fed, mesmo nas horas anteriores ao anúncio da decisão.

Se é um trader iniciante, sinta-se à vontade para experimentar este tipo de mercado volátil primeiro numa conta demo sem risco. Além disso, não hesite em consultar o calendário económico para saber com antecedência quando se realizam este tipo de eventos de grande dimensão.

Negoceie com uma conta demo sem risco

Faça trading com fundos virtuais

Cenários possíveis

O efeito do anúncio da Reserva Federal pode ser rápido e confuso, não é incomum ver grandes oscilações de preços para cima e para baixo muito rapidamente antes de ver o impulso na direção que a moeda ou índice irá perseguir nas próximas horas.

De acordo com o consenso do mercado financeiro, o anúncio da Reserva Federal pode seguir vários cenários:

  • Taxas de juro inalteradas.Neste caso, a primeira questão que vem à mente é se a economia dos EUA vai bem. Com taxas historicamente baixas, o aumento das taxas de juro reflete uma melhoria da economia e a recuperação da atividade do país. Geralmente, é durante o discurso da Reserva Federal que os participantes do mercado tentam decifrar as razões deste tipo de resultados;
  • Um aumento nas taxas de juro;
  • Uma redução nas taxas de juro.

Além da reação fundamental ao anúncio do mercado financeiro, duas consequências podem ser identificadas, dependendo se o resultado está ou não de acordo com o consenso de mercado.

  • Se o anúncio estiver alinhado com o consenso e o mercado financeiro tiver antecipado a decisão da Reserva Federal sobre a taxa de juro, a consequência será uma amplitude de movimento mais razoável no momento da publicação. Da mesma forma, o mercado pode reviver ou mudar completamente a tendência do mercado cambial ou de ações, confirmando as expectativas dos participantes.
  • Se o anúncio não estiver de acordo com a opinião geral, geralmente ocorrem reações fortes que implicam movimentos grandes e rápidos nos mercados de ações.

O poder da reacção será determinado em função da diferença entre os resultados do anúncio da Reserva Federal e o consenso anteriormente esperado.

Taxas de juro da Fed – Efeitos no Forex

Deve-se notar que o mercado cambial é muito sensível a grandes eventos económicos. A divulgação das taxas de juro oficiais da Reserva Federal é um dos principais eventos com impacto significativo nos preços das moedas.

É por isso que é necessário compreender a relação entre as taxas de juro da Reserva Federal e os movimentos cambiais no mercado.

Para resumir:

Numa economia em crescimento, as taxas de juro tendem a subir à medida que as taxas mais elevadas favorecem a moeda do país. A lógica desse mecanismo é a seguinte: se o país está a crescer, os investidores passam a aplicar o seu capital no país, o que favorece a valorização da moeda local.
Por outro lado, se houver muita inflação, os investidores tendem a recuar para encontrar investimentos que se protejam da inflação.
A estratégia da Reserva Federal de manter as taxas de juro baixas ou reduzi-las é estimular o crescimento da economia de um país, a fim de restaurar o pleno emprego.

Taxas de juro da Fed – Efeitos na Bolsa

A volatilidade dos índices de bolsa durante períodos de anúncios económicos importantes é elevada e cria muitas oportunidades de trading.

As consequências da publicação das taxas de juro oficiais da Federal Reserve afetam diretamente os investidores que participam nas grandes empresas que compõem os índices do mercado de ações.

Não esqueçamos também que a evolução das taxas de juro da Fed reflecte o estado da economia dos EUA, o que é importante para os investidores estrangeiros na tomada de decisões sobre investimentos globais importantes.

Portanto, os índices são muito sensíveis aos anúncios da Fed e permitem aproveitar as oportunidades de trading seguindo a tendência das principais taxas de juro da Reserva Federal.

Seja no curtíssimo, curto, médio ou longo prazo, é possível operar índices de ações com base na evolução das taxas diretoras para diversificar a sua carteira e aproveitar oportunidades que às vezes estão ausentes nas moedas daquele momento ou que são simplesmente menos vantajosas.

A Admirals tem alguns dos spreads mais baixos dos índices de ações, sem falar na vantagem de não ter comissões nesta classe de ativos.

3 estratégias de trading com as taxas de juro da Fed

Estratégia de trading fundamental

Alguns acontecimentos económicos importantes, como a divulgação das taxas de juro pela Fed, representam um verdadeiro ponto de referência para a tomada de decisões sobre entrada ou saída do mercado.

A ideia de entrar logo após um anúncio da Fed sobre um ativo financeiro com alta exposição à economia norte-americana, como o índice SP500, é tentar aproveitar a reação dos participantes do mercado financeiro às decisões da Reserva Federal.

Poderá encontrar um exemplo aqui:

Fonte: Admirals MetaTrader 5 Supreme Edition. Gráfico diário SP500 de 10 de dezembro de 2021 a 30 de junho de 2022. Registado a 30 de junho de 2022 às 13h CEST. O desempenho passado não é um indicador confiável de resultados futuros.

No gráfico acima marcamos as datas dos três aumentos de taxas de juro que a Fed aprovou este ano. Como podemos perceber, o primeiro aumento da taxa é recebido com aumentos que duram até o final do mês. Nas duas ocasiões subsequentes, porém, as quedas ocorreram devido à maior agressividade da Fed e ao seu efeito nas demonstrações de resultados das empresas cotadas.

Estratégia de trading intra-diária

Esta estratégia é utilizada apenas por traders com experiência nos mercados cambiais e de índices. A capacidade de resposta necessária, bem como os equipamentos que um trader necessita para operar com este tipo de publicação económica, são importantes.

O trader deve ser capaz de traduzir a ação de preço do par de moedas que está a operar muito rapidamente e sem hesitação. Neste caso, a ligação à Internet e o equipamento informático devem ser de muito boa qualidade para garantir uma execução precisa ao trader intra-diário.

A ideia por trás da estratégia Day Trading da Federal Reserve para taxas de juro é a vantagem de lucrar com grandes movimentos no mercado cambial com um período muito curto de tempo.

Esta estratégia exige esperar alguns minutos após a divulgação da taxa de juro pela Reserva Federal para permitir que o mercado cambial ou índice oscile descontroladamente sem direção real antes de ser capaz de identificar a direção que os participantes do mercado financeiro decidem seguir.

A condição de aguardar logo após a publicação é fundamental para manter o risco da posição sob controle.

Deve também ter-se em conta que os spreads tendem a aumentar no momento do anúncio da Fed. Todos estes factores devem ser controlados para beneficiar de uma estratégia rentável de longo prazo.

Por fim, lembre-se que o mercado está cheio de armadilhas, por isso é melhor esperar que ocorram vários sinais falsos antes de aproveitar o movimento após a publicação da taxa de juro pela Fed.

Pode encontrar um exemplo aqui:

Fonte: Admirals MetaTrader 5 Supreme Edition. Gráfico EURUSD de 15 minutos entre 3 de maio de 2022 e 6 de maio de 2022. Registado em 30 de junho de 2022 às 14h00 CEST. Observe que o desempenho passado não é um indicador confiável de resultados futuros.

Como pode ser visto no gráfico acima, após o anúncio do aumento das taxas de juro a 4 de maio, o mercado hesitou um pouco antes de ganhar impulso e registar a subsequente subida vertical. O indicador ATR também nos mostra como a volatilidade dispara.

Estratégia para operações abertas

Agora que discutimos uma estratégia de trading para o anúncio da taxa da Fed, é hora de responder à seguinte pergunta: Se já tinha operações abertas antes das notícias do FOMC, o que deveria fazer?

A resposta a esta pergunta é relativamente simples. Na verdade, existem três soluções disponíveis para você:

  1. Não fazer nada, o que significa não tocar nas suas posições abertas e talvez abrir novas operações após o anúncio da taxa de juro da Fed;
  2. Abandonar a posição com lucros ou perdas. Esta solução dirige-se aos investidores mais conservadores, que preferem não enfrentar os movimentos violentos associados à próxima publicação. Há momentos em que isso é melhor e outros em que perde movimentos importantes.
  3. Reduzir o tamanho da sua posição antes do anúncio da Fed. Esta solução é o resultado das duas opções anteriores. Os investidores e traders conservadores podem gostar desta abordagem, pois permite-lhes lucrar e proteger-se do próximo evento económico.

Taxas de juro da Fed – Conclusão

Depois de ler o artigo completo, poderá entender melhor a taxa de juro da Fed e como os traders lucrativos estão a aproveitar as oportunidades de trading relacionadas com este importante evento económico.

Seja qual for o seu estilo de trading, se quiser experimentar notícias económicas e especialmente as taxas de juro da Fed, a Admirals oferece contas demo gratuitas e ilimitadas para praticar sem arriscar capital real.

Com eles pode operar com segurança com fundos virtuais e ver por si mesmo se operar com taxas da Fed é a estratégia de trading mais adequada para si.

Mas se quiser colocar em prática as suas próprias estratégias com uma conta de trading real, basta clicar no seguinte banner:

Negoceie com uma conta demo sem risco

Faça trading com fundos virtuais

Perguntas Frequentes sobre o FOMC

O que é a Fed?

A sigla Fed refere-se ao Sistema da Reserva Federal dos Estados Unidos. Criado em 1913, é o banco central dos Estados Unidos, o equivalente ao Banco Central Europeu (BCE) na Europa.

Quais são os objetivos da Fed?

As funções da Reserva Federal estão principalmente orientadas para a política monetária, a fim de promover o crescimento económico do país através das taxas de juro.

Quando se reúne o FOMC?

O FOMC reúne-se cerca de oito vezes por ano para definir a sua política de taxas de juro.

Outros artigos que lhe poderão interessar

INFORMAÇÕES SOBRE MATERIAIS ANALÍTICOS:

Os dados acima fornecem informações adicionais sobre todas as análises, estimativas, prognósticos, previsões, análises de mercado, perspectivas semanais ou outras avaliações ou informações semelhantes (doravante “Análise”) publicadas nos sites das empresas de investimento da Admirals que operam sob a marca registada Admirals (doravante “ Admirals”) Antes de tomar qualquer decisão de investimento, preste muita atenção ao seguinte:

  • Esta é uma comunicação de marketing. O conteúdo é publicado apenas para fins informativos e não deve de forma alguma ser interpretado como conselho ou recomendação de investimento. Não foi elaborado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e não está sujeito a qualquer proibição de trading antes da divulgação da pesquisa de investimento.
  • Qualquer decisão de investimento é tomada apenas por cada cliente, enquanto a Admirals não será responsável por qualquer perda ou dano decorrente de tal decisão, baseada ou não no conteúdo.
  • Com vista à proteção dos interesses dos nossos clientes e à objetividade da Análise, a Admirals estabeleceu procedimentos internos relevantes para a prevenção e gestão de conflitos de interesses.
  • A Análise é preparada por uma analista independente, (doravante “Autor”) com base nas suas estimativas pessoais.
  • Embora todos os esforços razoáveis sejam feitos para garantir que todas as fontes do conteúdo sejam confiáveis e que todas as informações sejam apresentadas, tanto quanto possível, de maneira compreensível, oportuna, precisa e completa, a Admirals não garante a exatidão ou integridade de qualquer informação contida na Análise.
  • Qualquer tipo de desempenho passado ou modelado de instrumentos financeiros indicado no conteúdo não deve ser interpretado como uma promessa, garantia ou implicação expressa ou implícita por parte da Admirals para qualquer desempenho futuro. O valor do instrumento financeiro pode aumentar e diminuir e a preservação do valor do ativo não é garantida.
  • Os produtos alavancados (incluindo contratos por diferença) são de natureza especulativa e podem resultar em perdas ou lucros. Antes de começar a operar, certifique-se de compreender totalmente os riscos envolvidos.
TOP ARTIGOS
O que é Trailing Stop: Como proteger os seus lucros?
O Trailing Stop ou Stop Loss dinâmico é uma ordem de encerramento de uma posição aberta nos mercados financeiros, que acompanha o movimento do preço se este se mover a nosso favor, podendo aproveitar também os benefícios potenciais. No mundo do trading existem muitas ferramentas que a...
Estratégia Forex 2023 - As Melhores Estratégias de Trading
Sabia que ter uma Estratégia Forex segura e eficaz pode ajudá-lo a melhorar o seu desempenho, a ganhar dinheiro no trading e auxiliá-lo na tomada de decisões ao longo do tempo?Mas o que é que torna um plano de trading eficaz?E como é que pode manter-se informado acerca da melhor estratégia Forex par...
​O que é Especulação Financeira no Mercado de Ações?
Não existe praticamente nenhum mercado financeiro em que não exista especulação financeira, e onde os especuladores não desempenhem um papel significativo. Em alguns mercados mais pequenos, mesmo as transações especulativas são uma parte importante do Trading. No entanto, a maioria das pessoas, mesm...
Ver Tudo