Regulador : asic

Top 10 Ideias de Trading para 2019

Janeiro 03, 2019 01:18

Top 10 trading ideas 2019

Em 2018, os traders e investidores de todo o mundo viveram um dos anos mais interessantes nos mercados financeiros. As tensões de negociação entre os Estados Unidos e a China, os problemas recorrentes relativos ao Brexit, e a quebra nas criptomoedas foram apenas alguns dos eventos que tiveram principal enfoque.

Contudo, estes eventos fazem antever que o ano de 2019 será muito interessante para os mercados financeiros. No artigo de hoje, veremos o top 10 das ideias de trading para o novo ano que estão disponíveis na plataforma da Admiral Markets. Lembre-se: no trading, não é só a ideia que é importante, mas sim também a execução e a gestão de risco das trades. No final de contas, todas as trades serão rentáveis ou não rentáveis, por isso assegure-se de que negoceia com responsabilidade.

Ideia de Trading #1: Uma Quebra de 70% no Mercado de Ações?

A Fundamentação:

2018 foi um dos anos de maior volatilidade nos mercados de ações desde a recessão financeira de 2008. Esta volatilidade, combinada com as taxas de juro elevadas, poderá provar ser uma combinação explosiva e constitui apenas uma das razões pelas quais muitos gestores de fundos prevêem uma quebra no mercado de ações em 2019.

Em alguns casos, existem previsões de uma quebra de 40% - 70% no mercado de ações:

  • Scott Minerd, Presidente da Investments and Global Chief Investment Officer da Guggenheim Partners, previu uma quebra de 40%.
  • O Consultor Financeiro da CIA e Consultor de Vida Militar Assimétrica, Jim Rickards, preconizou que uma queda de 70% será o melhor dos cenários.

Na última reunião do ano da Reserva Federal a 19 de Dezembro, o Presidente Jerome Powell reiterou a sua postura otimista em relação ao aumento das taxas de juro no futuro. Com os aumentos das taxas de juros que precederam mais de 10 recessões económicas nos últimos 40 anos, não é de admirar que os investidores do mercado de ações prevejam o pior para 2019. O gráfico técnico também demonstra alguns investidores preocupados.

A Trade:

1 - Uma Quebra de 70% no Mercado de Ações?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - CFD de SP500 CFD, Gráfico Mensal - Período de Tempo: 1 de Maio de 2005 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 21:36h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico acima do CFD de SP500, o mercado atingiu um máximo desde 2008 com apenas três correções principais. Com a magnitude da última retração já a exceder o valor (em pontos) das duas últimas retrações, os vendedores estão firmemente no controlo deste mercado.

2 - Uma Quebra de 70% no Mercado de Ações?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - CFD de SP500 CFD, Gráfico Diário- Período de Tempo: 27 de Abril de 2018 - 20 de Dezembro de 2018 - Realizado a 20 de Dezembro de 2018 às 12:49h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico diário acima do CFD de SP500, os vendedores têm enfrentado dificuldades em níveis anteriores de resistência. Isso faz com que o nível de preço de $2,603 seja uma área a ser observada, já que alguns traders podem usar essa área para iniciar novas posições curtas. Você pode considerar o uso de estratégias baseadas em ações de preço para ajudar a identificar os níveis de entrada e de stop loss para 2019.

Ideia de #2: Irão os bancos centrais alimentar o aumento dos preços do Ouro?

A Fundamentação:

No primeiro trimestre de 2018 a procura pelo ouro cresceu 42% em relação ao mesmo período do ano anterior - de acordo com o World Gold Council. Parece que a maior parte da compra veio de bancos centrais que, em 2010, passaram a ser vendedores líquidos de ouro, tornando-se compradores líquidos do metal amarelo.

Ainda não é claro por que é que alguns dos bancos centrais no mundo inteiro começaram a aumentar as suas reservas de ouro. Uma teoria é que várias economias emergentes e países periféricos estão a tentar afastar-se do dólar americano para acabar com o seu estatuto de divisa da reserva mundial.

No final de contas, a Rússia e a China têm reunido apoio ativamente de governos globais para criar uma nova moeda feita de ouro. Com as quebras do relacionamento entre a China e os EUA, devido às disputas atuais sobre as tarifas comerciais, muitos investidores diversificaram os seus portefólio para incluir ouro - tal como o maior gestor de fundos de investimento do mundo, Ray Dalio.

A Trade:

Irão os bancos centrais alimentar o aumento dos preços do Ouro?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - Ouro, Gráfico Diário - Período de Tempo: 30 de Agosto de 2017 - 20 de Dezembro de 2018 - Realizado a 20 de Dezembro de 2018 às 14:26h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico de ouro acima, é fácil observar que os vendedores estiveram no controlo na maior parte do ano de 2018. Contudo, no final do ano, os compradores começaram a controlar o mercado. Os indicadores técnicos como as médias móveis podem ajudar a identificar possíveis pontos de entrada.

Parece que os compradores estão a entrar na média móvel de 10 dias, mas até onde é que ela poderá ir? O nível $1,380 representa um máximo de 5 anos que seguramente agradou a alguns traders. Você é um deles?

Free demo account

Ideia de Trading #3: Será que um pequeno aperto nos Títulos do Tesouro irá aumentar os preços dos títulos?

A Fundamentação:

O rendimento do Tesouro de 10 anos atingiu um máximo de sete anos em 2018. Como os rendimentos e os preços dos títulos têm uma relação inversa, isso fez com que o preço de um título de tesouro de 10 anos atingisse um nível mínimo de sete anos.

A China, que é a maior detentora estrangeira de dívida do governo dos EUA (através de produtos como os títulos do Tesouro), cortou as suas posses de títulos de Tesouro dos EUA durante a maior parte de 2018. A disputa comercial continuada com a administração de Trump foi citada como apenas uma das razões para a venda por parte da China.

Contudo, as posições curtas no mercado de títulos do Tesouro são atualmente as mais altas da história, criando fortes oportunidades de trading para alguns investidores conhecidos.

A Trade:

De acordo com o investidor bilionário Jeff Gundlach as posições curtas extremas nos títulos do Tesouro tornam-nos preparados para um "pequeno aperto". Essa é uma situação em que um ativo muito vendido cresce acentuadamente, fazendo com que mais vendedores a descoberto fechem as suas posições, acelerando ainda mais o crescimento - e parece que já começou.

Será que um pequeno aperto nos Títulos do Tesouro irá aumentar os preços dos títulos?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - USTNote_H9, Gráfico Mensal - Período de tempo: 1 de Agosto de 2010 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 22:22h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico acima, podemos ver que o CFD de 10 anos do Título de Tesouro está a oscilar entre duas linhas horizontais - destacadas a azul - que representam máximos e mínimos históricos. A ação do preço atual mostra o preço a subir à medida que o "pequeno aperto" se desenrola.

Alguns traders estarão à procura de adicionar posições longas com vista a atingir a linha horizontal superior em $133.37. Para acentuar ainda mais o movimento, se os mercados de ações caírem em 2019, há uma tendência para os investidores correrem para o porto seguro dos - você adivinhou - títulos do Tesouro.

Ideia de Trading #4: Irá Trump causar uma queda do Dólar Americano?

A Fundamentação:

O dólar americano passou grande parte de 2018 em alta graças ao aumento das taxas de juros da política da Reserva Federal dos EUA. No entanto, de acordo com a JP Morgan Asset Management, que gere mais de $1.7 trilião, o dólar pode cair no segundo semestre de 2019 e pode durar anos.

Então, porquê a negatividade em torno do dólar americano?

Para começar, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou o presidente da Reserva Federal por aumentar as taxas de juros, afirmando que um dólar mais alto os torna menos competitivos no comércio económico global. Segundo, alguns bancos de investimento estão a prever uma estagnação no crescimento económico dos EUA e uma possível pausa no "passeio" da Reserva Federal. Ambos os fatores farão com que os investidores transfiram o seu dinheiro para divisas e mercados com melhores perspetivas de crescimento - possivelmente fazendo com que o dólar americano caia ainda mais.

A Trade:

Irá Trump causar uma queda do Dólar Americano?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - EURUSD, Gráfico Mensal - Período de tempo: 1 de Agosto de 2010 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 22:22h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

A imagem acima mostra um gráfico do par de divisas EURUSD. Quando os preços sobem, o euro ganha força em relação ao dólar americano. Quando os preços estão a cair, o dólar americano está a superiorizar-se ao euro.

Depois de estar em queda na maior parte de 2018, o par manteve-se no suporte inferior - destacado pela linha azul. Os vendedores esforçaram-se para quebrar esse nível nos últimos quatro meses. Parece que é apenas uma questão de tempo até que os compradores assumam o controlo, fazendo de 2019 um grande ano para o euro e um ano possivelmente chocante para o dólar americano.

Ideia de Trading #5: Irá o Petróleo recuperar em 2019?

A Fundamentação:

No último trimestre de 2018, os preços do petróleo caíram mais de 30% - tornando-se a pior queda desde a crise financeira de 2008. Mas, será que a sorte irá mudar para o chamado ouro negro? Goldman Sachs parece acreditar que sim.

O banco de investimento colocou uma recuperação nos preços do petróleo bruto no topo da sua lista de ideias de trading para 2019. E isso foi antes da reunião da OPEP e da Rússia em 7 de Dezembro, onde o cartel das nações ricas em petróleo concordou em tirar 1.2 milhões de barris de petróleo do mercado todos os dias durante os primeiros seis meses de 2019. Apesar de esta notícia ser altamente favorável para uma posição de longo prazo do Goldman, o que é que os gráficos agora nos dizem?

A Trade:

Irá o Petróleo recuperar em 2019?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - BRENT, Gráfico Semanal - Período de tempo: 12 de Abril de 2015 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 23:03h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico acima, de petróleo bruto, a queda agressiva dos preços no final de 2018 é clara. Embora os bancos de investimento possam estar otimistas em relação aos preços no longo prazo, o mercado pode continuar a cair para o suporte da linha de tendência mais baixa destacada em azul.

No entanto, esta poderia ser a grande oportunidade de compra para o primeiro conjunto de compradores a entrar no mercado. A análise da ação dos preços nesses níveis será fundamental para determinar se outros compradores se vão unir e tornar o petróleo o rei da recuperação em 2018. Mantenha-se a par.

Ideia de Trading #6: Irá observar-se uma recuperação nos preços das criptomoedas em 2019?

A Fundamentação:

Foi apenas em 2017 que a Bitcoin levou o mercado de criptomoedas a subir para mais de 2,000% no seu pico. No entanto, levou apenas um ano para que mais de $700 biliões fossem eliminados do mercado na grande queda de criptomoedas de 2018. Mas com o trading de criptomoedas em mínimos anuais, alguém está pronto para apostar alto em criptos em 2019? Existem alguns traders que sim.

A nova startup, Bakkt, está a deixar os traders de Bitcoin e criptomoedas muito animados. A nova empresa foi lançada pelo dono da Bolsa de Valores de Nova York - o Intercontinental Exchange - e tem apoio de pesos-pesados como Microsoft e Starbucks.

Apoiando-se no Intercontinental Exchange, a Bakkt pretende levar infraestruturas e regulamentação adequadas para o mercado de criptomoedas. E eles não planeiam ficar por aí. Eles também fizeram uma parceria com a Starbucks, por isso é provável que no futuro próximo, você pague o seu café com a ajuda da sua app da Bitcoin.

A Trade:

Irá observar-se uma recuperação nos preços das criptomoedas em 2019?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - BTCUSD, Gráfico Diário - Período de tempo: 29 de Novembro de 2017 - 20 de Dezembro de 2018 - Realizado a 20 de Dezembro de 2018 às 15:03h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

Os compradores de Bitcoin foram encorajados por esta recente notícia, com os preços a subir em direção ao final de 2018. Com a principal resistência técnica acima - destacada pela linha azul - parece que os compradores têm controlo do mercado no curto prazo. Uma quebra acima disso e 2019 pode ser conhecida como o ano do ressurgimento da criptomoeda. Como é que você vai negociar isso?

Negoceie CFDs de criptomoedas

Ideia de Trading #7: Poderão as entradas nos mercados financeiros no valor de $20.5 biliões em 2018 continuar em 2019?

A Fundamentação:

As entradas nos ETFs de mercados emergentes subiram para mais de $20.5 biliões em 2018. Os ETFs, ou Fundos Negociados em Bolsa, investem numa ampla variedade de nações e matérias-primas em desenvolvimento. A semana que terminou em 23 de Novembro também marcou a sexta semana consecutiva de entradas nos ETFs de mercados emergentes - e isso não passou despercebido.

O banco de investimentos Morgan Stanley está tão otimista com o setor que lhe deu uma 'atualização dupla'. Juntou-se a outros investidores, como a Aberdeen Standard Investments, a Goldman Sachs Asset Management e a BlackRock Inc, analisando o potencial dos mercados emergentes para 2018.

A Trade:

Um dos melhores lugares para procurar exposição em mercados emergentes é através do uso de ETFs. Por exemplo, o CFD do ETF Vanguard FTSE Emerging Market rastreia o preço deste fundo que investe em empresas de média e grande dimensão em vários mercados emergentes na Europa, Ásia, África, América Central e do Sul e Médio Oriente.

Poderão as entradas nos mercados financeiros no valor de $20.5 biliões em 2018 continuar em 2019?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - #VMO, Gráfico Semanal - Período de tempo: 13 de Fevereiro de 2011 - 20 de Dezembro de 2018 - Realizado a 20 de Dezembro de 2018 às 15:19h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico acima do CFD do ETF Vanguard FTSE Emerging Market, tem havido muita interação com a média móvel simples semanal de 500. O mercado saltou oito vezes da média móvel e quebrou três vezes. Se os compradores puderem ficar acima da média móvel - e permanecerem acima - poderemos ver biliões de dólares em entradas adicionais nos mercados emergentes. Então a questão é: você quer participar ou não?

Ideia de Trading #8: Irá o Brexit salvar a Libra Britânica?

A Fundamentação:

O Reino Unido deverá deixar a União Europeia no dia 29 de Março de 2019, às 23 horas. Recentemente, a libra Britânica experimentou uma maior volatilidade devido à incerteza sobre as futuras relações comerciais entre o Reino Unido e a UE.

O início de 2019 será fundamental para a futura direção da libra Britânica. A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, deve apresentar o seu acordo ao parlamento para votação. Depois de cancelar o último voto devido à grande possibilidade de o acordo não ser votado, este é o último obstáculo que existe entre um acordo ou não acordo do Brexit.

A Trade:

Irá o Brexit salvar a Libra Britânica?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - GBPUSD, Gráfico Semanal - Período de tempo: 19 de Abril de 2015 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 23:45h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico de GBPUSD acima, o par de divisas está a terminar 2018 num momento crítico. A queda no par foi mantida no suporte da linha de tendência inferior - destacada a azul. Se os traders puderem manter-se acima deste nível, então a libra Britânica pode encontrar algum apoio para subir mais. Se for esse o caso, qualquer vendedor a descoberto procurará sair das suas posições criando um possível pequeno aperto e o começo de uma enorme história de recuperação para a moeda.

Ideia de Trading #9: É tempo de gostar do Facebook novamente?

A Fundamentação:

A 26 de Julho de 2018, o Facebook chocou o mercado após admitir um declínio significativo no crescimento de utilizadores após o reporte de violação dos direitos de 87 milhões de utilizadores do Facebook pela Cambridge Analytica. Isso ajudou a que a ação perdesse mais de $119 biliões no seu valor de mercado. Desde então, as ações continuaram a cair no mercado de tecnologia mais amplo, com a mais recente exposição de privacidade de dados a resultar em mais 7% de queda no preço das ações.

Contudo, será tempo de voltar a gostar desta ação?

No relatório de lucros do terceiro trimestre do Facebook para 2018, os números refletiram um retorno à estabilidade na sua base de utilizadores depois de três milhões de utilizadores europeus deixarem a plataforma de rede social no início do ano. A empresa também parece levar muito a sério os eventos recentes, duplicando a sua equipa de segurança e proteção de 10,000 para 20,000 pessoas.

A Trade:

É tempo de gostar do Facebook novamente?

Fonte: MetaTrader 5 Supreme Edition da Admiral Markets - #FB, Gráfico Semanal - Período de tempo: 19 de Abril de 2015 - 19 de Dezembro de 2018 - Realizado a 19 de Dezembro de 2018 às 23:45h GMT. Por favor tenha em atenção: O desempenho passado não é um indicador fiável para resultados ou desempenhos futuros.

No gráfico acima do CFD do Facebook, os vendedores ainda permanecem no controlo do mercado. Os compradores têm lutado para romper a média móvel exponencial de 34 - destacada a roxo. Se os traders estiverem a começar a gostar do Facebook novamente, o mercado estará a procurar compradores para assumir o controlo, negociando acima dessa média móvel. Então, cabe à empresa reverter a situação e atrair ainda mais compradores para as suas ações.

Ideia de Trading #10: As novas STARS do mundo financeiro

O apresentador da CNBC, Jim Cramer, criou o termo FANG para designar quatro das ações mais quentes da tecnologia nesta época: Facebook, Amazon, Netflix e Google. No entanto, enquanto algumas ações se saíram bem em 2018, outras nem por isso.

E agora existe um novo acrónimo que despertou o interesse dos traders de ações - o grupo de ações STARS. Este grupo inclui:

  • Shopify
  • Trade Desk
  • Adobe
  • Roku
  • Square

As ações da Shopify e Square só se tornaram públicas e disponíveis para negociar em 2015. A Square fez a sua estreia pública em 2016. Embora essas empresas sejam muito jovens, elas estão disponíveis para você negociar com a Admiral Markets. Talvez uma dessas ações do mundo da Internet, líder de mercado, possa vir a ser a próxima grande novidade em 2019 - como é que você se está a preparar para isso?

MT5

Os dados fornecidos fornecem informações adicionais sobre todas as análises, estimativas, prognósticos, previsões ou outras avaliações ou informações similares (doravante "Análise") publicadas no site da Admiral Markets. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, preste muita atenção ao seguinte:

  1. Esta é uma comunicação de marketing. O conteúdo é publicado apenas para fins informativos e não deve ser interpretado como conselho ou recomendação de investimento. Não foi elaborado de acordo com requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento, e não está sujeito a qualquer proibição de lidar com a disseminação da pesquisa de investimento.
  2. Qualquer decisão de investimento é tomada por cada cliente, por isso as empresas de investimento da Admiral Markets Group AS (Admiral Markets) não serão responsáveis por qualquer perda ou dano decorrente de tal decisão, seja ou não baseada no conteúdo.
  3. A Análise é preparada por um analista independente (doravante "Autor") baseada nas estimativas pessoais do Autor.
  4. Para garantir que os interesses dos clientes sejam protegidos e a objetividade da Análise não seja prejudicada, a Admiral Markets estabeleceu procedimentos internos relevantes para a prevenção e gestão de conflitos de interesse.
  5. Embora todos os esforços tenham sido realizados para garantir que todas as fontes do conteúdo sejam confiáveis e que todas as informações sejam apresentadas, tanto quanto possível, de maneira compreensível, oportuna, precisa e completa, a Admiral Markets não garante a exatidão ou integridade de quaisquer informações contidas na Análise.
  6. Qualquer tipo de desempenho passado ou modelado de instrumentos financeiros indicados dentro do conteúdo não deve ser interpretado como uma promessa expressa ou implícita, garantia ou implicação da Admiral Markets para qualquer desempenho futuro. O valor do instrumento financeiro pode aumentar e diminuir e a preservação do valor do ativo não é garantida.
  7. Os produtos com alavancagem (incluindo contratos por diferença) têm uma natureza especulativa e podem resultar em perdas ou lucros. Antes de começar a negociar, você deve certificar-se de que entende todos os riscos.

CFDs são instrumentos complexos e acarretam um elevado risco de perder dinheiro rapidamente devido à alavancagem.